Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

30 de março de 2017

Companhia Municipal de Dança realizada espetáculo em apoio à Casa do Artista Riograndense


A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre realiza o espetáculo “Humano Vazio” em apoio à Casa do Artista Riograndense, no dia 06 de abril de 2017, às 20h, no Teatro Renascença. O evento busca apoiar a manutenção da Casa e irá recolher doações de leite longa vida no dia do espetáculo. Nessa parceria a Companhia Municipal de Dança fará também uma apresentação aberta ao público no Sarau da Casa do Artista que acontecerá no próximo dia 06 de maio.

“Humano Vazio” é a nova coreografia da Cia Municipal dirigida pelo bailarino e jovem coreógrafo Mariano Neto, ex-integrante da Cia Municipal. Neste trabalho "Tudo é sacudido, posto radicalmente em discussão. A superfície, antes congelada, das verdades e dos valores tradicionais está despedaçada e torna-se difícil prosseguir no caminho, avistar um ancoradouro”. Como coloca o filósofo Rossano Pecoraro ao abordar o tema do niilismo, atravessamos mais um período em que os valores tradicionais depreciam-se e os princípios e critérios absolutos dissolvem-se. Como agir frente ao vazio que se estabelece? É nessas direções e percursos que a o novo trabalho da Cia Municipal de Dança se permite trilhar. A instabilidade, incertezas, descaminhos, angústias, ambiguidades, que por vezes anestesiam e paralisam, por vezes provocam o frenesi no corpo, nas ações, nos gestos. Como nos afeta afinal a consciência do absurdo e do nada que atravessa nosso cotidiano.

No programa da noite a Companhia apresentará também “Scanner”, que integra o espetáculo Adágio, com direção de Airton Tomazzoni e criação coreográfica coletiva com o elenco. Na obra os bailarinos fazem uma constante e hipnótica varredura do palco, como nos aparelhos de digitalização de imagens: os scanners. Danças, movimentos, sequências coreográficas e referências da cultura contemporânea vão sendo incorporados às atitudes e ações que vão se transformando a cada vez que essa linha humana vai cruzando o palco.

A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre foi formalizada por Lei pelo Prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, em 13 de janeiro deste ano, atendendo uma reivindicação antiga da classe artística da dança que vinha lutando por esse projeto, desde 1995, nas Conferências Municipais de Cultura. A Cia Municipal funcionou desde 2014 em Porto Alegre como projeto piloto, numa parceria da entre as Secretaria Municipais da Cultura (SMC) e da Educação (SMED) da Prefeitura de Porto Alegre.

A Cia é composta por bailarinos profissionais selecionados através de audição em edital público e atua em conjunto com o Programa das Escolas Preparatórias de Dança – EPDs e a Companhia Jovem de Dança. Teve sua estreia em 2014 e, em seus dois anos de existência, realizou 21 apresentações e somou mais de 20 mil espectadores, chegando ao final de 2016 com um repertório significativo de 8 obras coreográficas. As EPDs, atendem a crianças e adolescentes oportunizando o acesso gratuito a um programa intensivo e complementar de formação em várias linguagens de dança. Esse projeto conta com 35 professores e atualmente possui cinco sedes: EMEF Senador Alberto Pasqualini, EMEF José Loureiro da Silva, EMEF Deputado Victor Issler, EMEF Pepita de Leão e EMEF Liberato Salzano Vieira da Cunha, atendendo a mais de 500 alunos que utilizam o fazer artístico como alavanca na formação pessoal e possível formação profissional.

Em 2016, ano em que comemorou o seu segundo aniversário, a Companhia Municipal recebeu patrocínio do O Boticário na Dança para se apresentar em 4 cidades brasileiras, reconhecendo a excelência do trabalho já desenvolvido e ampliando a difusão da arte da dança produzida em nossa cidade. Encerrando o ano de 2016, a Companhia participou da montagem do concerto especial de final de ano com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), com a ópera Carmina Burana que teve a casa lotada nos dois dias de apresentação no Auditório Araújo Vianna.

Serviço:


Espetáculo da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre – “Humano Vazio” e “Scanner”
Quando: 06 de abril de 2017
Onde: Teatro Renascença
Que horas: 20h
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (Idosos, estudantes, classe artística, servidores municipais e doadores de leite longa vida para Casa do Artista Riograndese) – venda na bilheteria do Teatro uma hora antes do espetáculo
Doação de um litro de leite longa vida na entrada do Teatro Renascença. As doações serão encaminhadas a Casa do Artista Riograndense.

Ficha Técnica:


Bailarinos:
Bianca Weber
Fernanda Santos
Fernando Queiroz
Juliana Coutinho
Kleo D’Santys
Maurício Miranda
Pamela Agostini
Stephanie Cardoso
Victoria Bemfica

Técnico de Luz: Karrá
Técnico de Som: Airton Tomazzoni

“Humano Vazio”
Coreografia: Mariano Neto
Figurinos: Mova Brasil
Vídeo: Moov.art – Fernando Muniz
Fotografia: Cintia Bracht

“Scanner”
Direção: Airton Tomazzoni
Coreografia: criação coletiva
Figurinos: Antonio Rabadan

Nenhum comentário:

Postar um comentário