Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

7 de agosto de 2017

Centro Municipal de Dança recebe inscrições de textos para o segundo volume da série Escritos da Dança

O Centro Municipal de Dança está recebendo até 30 de setembro de 2017 inscrições de textos inéditos para integrarem a segunda edição da coleção Escritos da Dança. A coleção pretende suprir uma lacuna da área editorial relativa à área da dança.

Os textos para o segundo volume da coleção devem abordar temas da dança de Porto Alegre nos seus aspectos históricos, sociais, poéticos, políticos ou pedagógicos entre outros, como processos criativos e de composição, histórico de grupos e cias, procedimentos metodológicos do ensino da dança, apreciação de obras coreográficas.

Cada autor poderá inscrever apenas um texto, que teve ter de 3500 a 20000 caracteres. Os textos podem ter formato livre (sem obrigação de formato acadêmico) e devem ser enviados para o email escritosdanca2@gmail.com em arquivo Word, conforme especificações do modelo anexo, acompanhado da autorização de publicação de texto e imagem, caso seja necessária.

A comissão julgadora será formada por: Diego Esteves, bailarino e artista circense, mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS; Susy Weber, bailarina, atriz e professora doutora do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas e do Departamento de Artes Dramáticas da UFRGS; Alyne Rehm, bailarina e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRGS. A Coordenação da Série Escritos da Dança é do Professor Doutor e Coordenador do Centro de Dança, Airton Tomazzoni e a Coordenação Editorial é de Wagner Ferraz, bailarino e doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS.

Os critérios de seleção levarão em conta a clareza e coerência do texto, relevância do tema, qualidade das informações apresentadas. Cada autor selecionado receberá 10 volumes da publicação. Mais Informações: 3289.8065 no Centro Municipal de Dança.

2 de agosto de 2017

Programação de Dança do Mês de Agosto nos Teatros Municipais

II Mostra N

Local: Teatro Renascença
Data: 10 de agosto (quinta-feira), às 20h
Valor do Ingresso: R$ 10 (inteira)
A II MOSTRA DE DANÇA DO ESPAÇO N, que contempla convidados, alunos e professores da Escola, em uma mostra integradora de dança, que mistura excelência profissional e educação em arte – seja dança ou esquetes teatrais.


Um Olhar através de

Local: Sala Álvaro Moreyra
Data: 16 de agosto (quarta-feira), 20h 
Valor do Ingresso: Antecipado Promocional: R$ 20,00 (com o elenco ou no site bit.ly/ingressotransforma)
Na bilheteria do teatro: R$40 (inteira) e R$ 20 (meia entrada para estudantes, idosos e classe artística)

Um Olhar Através de leva ao palco uma reflexão sobre as novas configurações da sociedade contemporânea no espaço urbano.


Argonautas

Local: Teatro Renascença
Data: 17 de agosto (quinta-feira), 20h
Valor do Ingresso: R$ 20 (inteira) 
Espetáculo de artes integradas(dança, vídeo, teatro, música e performance) a partir do imaginário mitológico grego.

Foto: Cassio JP Silva

Acá Estamos 3 – Dialogando

Local: Teatro Renascença
Data: 24 de agosto (quinta-feira), 20h
Valor do Ingresso: R$ 30 (inteira)
Acá Estamos 3 – Dialogando mostra a fusão do folclore com a exploração nas estilizações vindas das diversas vertentes dos bailarinos da Cia.

31 de julho de 2017

Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre itegra programação de arte no Paço dos Açorianos


O centenário Paço dos Açorianos, sede da Prefeitura de Porto Alegre, será agitado no dia 3 de agosto, próxima quinta-feira, a partir das 18h, por uma série de atividades culturais. O artista plástico Eduardo Haesbaert abrirá, na Sala da Fonte a exposição intitulada “Remove”, apresentando os seus mais recentes trabalhos. A programação paralela à mostra “Mar Negro”, da artista Patrícia Francisco e Povo do Cativeiro, oferecerá ao público a instigante oficina intitulada “Encontro Mão Negra: Bordando Adinkras” e, por fim, o Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre fará uma apresentação junto às esculturas da Pinacoteca Aldo Locatelli expostas no Porão do Paço.

Com uma trajetória de dez anos, o Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre é coordenado pelo Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura e conhecido por oferecer formação gratuita em dança, com qualificados profissionais da cena gaúcha. Um dos frutos mais recentes deste trabalho poderá ser apreciado no dia 3 de agosto, a partir das 19h30, no Porão do Paço dos Açorianos.
 

RODA é uma performance coletiva feita por corpos com algo em comum: o desejo pelo movimento. Nos movemos para existir e, portanto, resistir. Somos o Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre. Nesta performance exploramos movimentos individuais e coletivos, tendo como um dos eixos o gestual baseado na investigação do espaço e das esculturas expostas no Acervo da Pinacoteca Aldo Locatelli. Dançamos como forma de expressão, transformação e resistência.”
 

SERVIÇO:


Paço dos Açorianos 

Praça Montevidéu, 10 – Centro Histórico - Porto Alegre

Programação do dia 03 de agosto de 2017, quinta-feira

18h
Abertura da exposição REMOVE de Eduardo Haesbaert

18h30
ENCONTRO MÃO NEGRA: Bordando Adinkras com Mitti Mendonça

19h30
RODA, com o Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre

Visitação na mostra REMOVE de Eduardo Haesbaert
04 ago a 15 set de 2017, seg a sex, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h
informações: acervo@smc.prefpoa.com.br / 51 3289-3735

21 de julho de 2017

Edital do Prêmio Açorianos de Dança 2017


Foi publicado hoje (21/07) no Diário Oficial de Porto Alegre o Edital do Prêmio Açorianos de Dança 2017 que reconhece as melhores produções e artistas da dança no ano de 2017. Confira o Edital na íntegra.


CONCURSO Nº CC 008/2017
PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - 2017
PROCESSO Nº 17.0.000024829-0


REGULAMENTO



A Secretaria Municipal da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre comunica aos interessados que todos os espetáculos, performances, produções e projetos estreados em Porto Alegre no ano de 2017, produzidos por artistas locais ou aqui radicados, condicionados a uma inscrição prévia, na forma da lei nº 8.666/93, no que couber, concorrerão ao Prêmio Açorianos de Dança 2017 (Concurso nº CC 008/2017 – Processo nº 17.0.000024829-0), promovido pelo Centro de Dança da SMC.

CRONOGRAMA


Inscrições: de 26 de julho de 2017 a 31 de janeiro de 2018, no Centro de Dança – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues – Av. Erico Veríssimo, nº 307 ou pelo email: dancasmc@gmail.com.
As reuniões das Comissões Julgadoras para indicações e escolha dos premiados ocorrerão em datas a serem definidas pelo Centro de Dança a partir do mês de outubro e ocorrerão no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues.
Divulgação dos resultados das indicações: 1º de março de 2018
Cerimônia de entrega dos Prêmios: Semana de Porto Alegre de 2018


1. DA FINALIDADE


1.1 - O Prêmio Açorianos de Dança – Edição 2017, instituído pelo Decreto nº 5.876/77, alterado pelo Decreto 11.512/96, 9.365/88 e 6.613/79, tem a finalidade de destacar a produção de dança de Porto Alegre em sua diversidade e abrangência, e as ações e profissionais que contribuíram para o desenvolvimento, qualificação e afirmação desta arte em nossa cidade.

2. DA ORGANIZAÇÃO


2.1 – Este concurso será organizado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, por intermédio da Secretaria Municipal da Cultura/Centro de Dança. Informações complementares podem ser obtidas junto ao Centro de Dança – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues – Av. Erico Veríssimo, nº 307. Telefone 3289.8063 e 3289.8065.

2.2 - Este Edital estará à disposição dos participantes junto ao Centro de Dança – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues – Av. Erico Veríssimo, nº 307, na página da Prefeitura Municipal de Porto Alegre/Secretaria Municipal da Cultura http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smc/default.php , no Diário Oficial de Porto Alegre http://www2.portoalegre.rs.gov.br/dopa/ e no blog do Centro de Dança http://cdancasmc.blogspot.com.br/

3. DAS CATEGORIAS


3.1 - Será concedido, a critério das Comissões de Seleção e Premiação, um troféu (estatueta criada pelo artista plástico Vasco Prado) para cada uma das seguintes categorias:

3.1.1 Prêmios do Ano:

a) Espetáculo;
b) Direção;
c) Bailarino;
d) Bailarina;
e) Coreografia;
f) Cenografia;
g) Figurino;
h) Iluminação;
i) Trilha Sonora;
j) Produção;
k) Novas Mídias em Dança (filmes, videoclipes, videodanças, videoartes, videocoreografias) para trabalhos produzidos no período de 2016-2017;
l) Projeto de Difusão e Formação em Dança;

3.1.2 - Destaques por Modalidade:

a) Destaque em Balé Clássico;
b) Destaque em Jazz
c) Destaque em Sapateado;
d) Destaque em Dança Folclórica/Étnica;
e) Destaque em Danças Urbanas;
f) Destaque em Dança de Salão;
g) Destaque em Dança do Ventre;
h) Destaque em Flamenco;
i) Destaque em Dança Contemporânea.

3.1.2.1 – Os destaques por modalidade poderão ser conferidos a aspectos da produção como: Espetáculo, Direção, Bailarino, Bailarina, Coreografia, Cenografia, Figurino, Iluminação, Trilha Sonora, Produção, Grupo, Evento, Mostra, Intervenção, Performance, Publicação, Jam, Batalha, Pesquisa Científica Documentada, etc.

3.2 - É prerrogativa do Centro de Dança o direito de conceder Prêmios Especiais, a seu critério, nas categorias: Personalidade, Incentivo à Dança e Imprensa.

4. DOS CONCORRENTES


Concorrerão ao Prêmio Açorianos de Dança – Edição - 2017:
4.1- Espetáculos e performances de dança que realizem apresentações públicas no município de Porto Alegre em salas convencionais de teatro, locais alternativos, espaços abertos e na rua, ao longo do corrente ano até 31 de janeiro de 2018 desde que realizem inscrição junto ao Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura.
4.1.1- Os espetáculos e performances públicas de Dança que cumprirem temporadas (apresentações subsequentes) perfazendo no mínimo 02 (duas) apresentações;
4.1.2 Poderão concorrer igualmente, espetáculos e performances que tenham estreado em anos anteriores e que, por qualquer motivo, não concorreram no ano de estreia, bem como espetáculos que, mesmo inscritos, não tenham sido assistidos por, no mínimo, 70% júri na edição anterior do Prêmio.
4.1.3 Os espetáculos com apresentações anteriores à data de início das inscrições poderão efetivar sua inscrição mediante preenchimento da ficha de Inscrição (Anexo I), o envio de memorial descritivo (fotos, programas, material de imprensa, críticas) e vídeo na íntegra do espetáculo, sem edições.
Observação – As categorias de Destaque em Balé Clássico, Jazz/Sapateado, Danças Urbanas, Dança Contemporânea, Dança de Salão, Flamenco, Dança do Ventre e Dança Folclórica/Étnica não necessitam de inscrição, sendo indicados diretamente por cada júri especializado.

4.2 - Não concorrerão ao Prêmio Açorianos de Dança - Edição-2017:

4.2.1 - Espetáculos e performances que já tenham concorrido em edições anteriores, salvo o disposto no item 4.1.2.

4.2.2 - Espetáculos e performances que nitidamente caracterizem remontagens.

4.2.3 – Nas categorias de Prêmios do Ano, não podem concorrer espetáculos de final de ano de escola, que tenham caráter nitidamente pedagógico, ou ainda apresentações de caráter amador ou recreativo.

4.4 - O Centro de Dança se reserva o direito de solicitar DVD, material jornalístico comprobatório do currículo dos envolvidos com as produções a serem inscritas ou do próprio grupo a ser inscrito. Serão aceitas divulgações com textos nos jornais locais, críticas publicadas na imprensa local e demais matérias impressas, desde que não se restrinjam somente a mídias eletrônicas.

4.5 - Os espetáculos concorrentes deverão ter sido produzidos em Porto Alegre e somente concorrerão às categorias individuais, artistas locais ou aqui domiciliados.


5. DAS INSCRIÇÕES


5.1 - Para efeitos de inscrição, o responsável pela produção deverá remeter via correio eletrônico (e-mail) para dancasmc@gmail.com entregar no Centro de Dança, das 09 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas, a ficha de inscrição (ANEXO I) devidamente preenchida e assinada.
5.2 - Para inscrição na categoria Projeto de Difusão e Formação em Dança, os candidatos deverão apresentar dossiê, conforme modelo(ANEXO II).
5.3 - Para inscrição na categoria Novas Mídias em Dança são necessários a entrega da ficha de inscrição (ANEXO III) e de duas (02) cópias do trabalho inscrito em CD/DVD, caso não haja link para acesso na internet;
5.4 - Poderão ser inscritos no máximo três (03) trabalhos por artista na categoria Novas Mídias;


6. DAS COMISSÕES DE SELEÇÃO E PREMIAÇÃO


6.1 - Serão constituídas comissões julgadoras especializadas compostas de no mínimo dois (02) e no máximo cinco (05) integrantes para as indicações das categorias Destaques, Produção Audiovisual em Dança, e Projeto de Difusão e Formação em Dança.

6.2 - Será constituída uma comissão julgadora de no mínimo cinco (05) integrantes para o julgamento das categorias Espetáculo, Bailarino, Bailarina, Coreografia, Cenografia, Figurino, Iluminação, Trilha Sonora, e Produção.

6.3 - Os integrantes das comissões devem ter reconhecida inserção na área cultural e serem indicados pela Secretaria Municipal da Cultura e/ou comunidade artística da dança, tendo como critério a capacitação para avaliar a diversidade da produção na sua pluralidade de linguagens, modalidades, estilos.

6.4 - O Centro de Dança poderá tomar parte na comissão julgadora como voto de “minerva” para as categorias de Destaque;

6.5 - É vedada a participação no júri de pessoas que constem da ficha técnica ou tenham parentesco até segundo grau com concorrentes na mesma categoria a ser julgada.

6.5 - As Comissões Julgadoras serão nomeadas pelo Secretário Municipal de Cultura mediante portaria da Secretaria Municipal da Cultura e publicada no Diário Oficial de Porto Alegre.

6.6 - A organização dos trabalhos das Comissões será de responsabilidade do Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura, que promoverá reuniões periódicas de acompanhamento e avaliação do processo de julgamento.

6.7 - Cada jurado deverá fornecer seus dados pessoais para cadastro no Centro de Dança, inclusive seu fone de contato e e-mail, para ser avisado das estreias e das temporadas dos espetáculos e performances concorrentes ao Prêmio e se comprometerá a assistir a todos os espetáculos previamente inscritos. Os jurados deverão, ainda, comparecer a reuniões de avaliação quando convocados.

6.8 - Os integrantes das Comissões poderão ser remunerados para exercer suas funções com valores a serem definidos pelo Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura de acordo com a disponibilidade orçamentária.


7. DAS ETAPAS DE INDICAÇÕES E PREMIAÇÃO


7.1 - A escolha dos premiados dar-se-á em duas etapas:

7.2 - Etapa nº 1: Indicações - As Comissões indicarão os finalistas nas categorias de Destaque em Balé Clássico; Destaque em Jazz; Destaque em Sapateado; Destaque em Dança Folclórica/Étnica; Destaque em Danças Urbanas; Destaque em Dança de Salão; Destaque em Dança do Ventre; Destaque em Flamenco; Destaque em Dança Contemporânea; Projeto de Difusão e Formação em Dança; Novas Mídias em Dança; Espetáculo; Coreografia; Bailarino; Bailarina; Cenografia; Figurino; Iluminação; Trilha Sonora; Produção.

7.3 - O número de indicações por categoria deverá ser de até 05 (cinco), e às Comissões fica reservado o direito de não indicar candidatos em quaisquer categorias, caso não haja uma produção quantitativa e qualitativamente significante.

7.4 - A Comissão julgadora deverá emitir pareceres justificando suas deliberações que ficarão disponíveis para consulta junto ao processo.

7.5 - A nominata dos indicados aos Prêmios Açorianos de Dança será divulgada a partir do dia 1º de março de 2018.

7.6 - Etapa nº 2 – Premiação - Concorrerão nesta etapa os indicados na etapa anterior.

7.7 - É vedada aos participantes das comissões julgadoras a divulgação de quaisquer informações relativas às decisões das comissões antes da manifestação formal do Centro de Dança.

7.8 - As decisões das Comissões serão consideradas soberanas;

7.9 - Os resultados serão registrados em ata, que deverá ser assinada por todos os presentes às reuniões e serão tornados públicos na cerimônia pública de premiação durante a Semana de Porto Alegre de 2018, a ser organizada pela Secretaria Municipal da Cultura, com ampla divulgação.

8. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO


Os critérios de avaliação serão os seguintes:
I - Qualidade artística: atributos estéticos que configurem a excelência dos elementos constitutivos do espetáculo;
II – Criatividade e Originalidade: utilização singular na escolha da temática, concepção e organização coreográfica.
III - Rigor Técnico: domínio das técnicas corporais apresentadas pelos intérpretes;
V - Coerência de linguagem: escolhas e adequação dos elementos constitutivos do espetáculo em consonância com sua concepção.

9. DISPOSIÇÕES GERAIS


9.1 - É vedada a premiação de servidores públicos municipais exceto na hipótese de excepcional trabalho artístico, reconhecido pela crítica especializada e submetido à aprovação prévia do Senhor Secretário Municipal da Cultura.

9.2 - Os casos omissos serão resolvidos pelo Centro de Dança, observada a legislação vigente aplicada a essa modalidade especial de licitação.

9.3 - Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar o presente Regulamento por irregularidade, devendo protocolar o pedido até 5 (cinco) dias úteis, após o período de início das inscrições, cabendo ao Centro de Dança julgar e responder à impugnação em até 3 (três) dias úteis.

9.4 – Os recursos administrativos podem ser interpostos nos termos e condições previstos no artigo 109 da Lei 8.666/93.


Porto Alegre, 21 de julho de 2017.


Luciano Alabarse
Secretário Municipal da Cultura

Veja abaixo os Anexos. 

18 de julho de 2017

9º Festival de Inverno reúne atrações de literatura, música e cinema


Tendo como base principal o Centro Municipal de Cultura Lupicínio Rodrigues, ações simultâneas na Cinemateca Capitólio Petrobras e uma ação especial no Paço Municipal, o 9º Festival de Inverno abriga cerca de 30 cursos, cinco palestras/painéis, uma dezena de filmes, um passeio literário e dois shows. Para acompanhar a intensa agenda, o ideal é se programar com antecedência. O Passaporte do Festival de Inverno dará direito a acompanhar todas as atividades no Centro Municipal de Cultura e assistir filmes que integram a programação da Cinemateca por um preço único de R$ 100.

Interrompido em 2013 e marcado em suas oito edições anteriores principalmente pela música, a 9º edição do evento terá novo formato, conduzido especialmente pelo mundo das letras. Um dos destaques das atrações literárias é o foco latino, com amplo espaço, por exemplo, para a Argentina e um curso voltado ao maior expoente literário do país, Jorge Luís Borges. Mas a semana também terá páginas dedicadas a debater a obra de escritores gaúchos, a escrita feminina, a obra de Gabriel Garcia Marques e dos brasileiros Nelson Rodrigues e Carlos Drummond de Andrade. Na literatura contemporânea nacional, Leandro Narloch é uma das atrações, falando sobre a construção do Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, publicado pela editora LeYa.

O 9° Festival de Inverno é uma realização da Prefeitura de Porto Alegre e Secretaria Municipal de Cultura, através da Coordenação do Livro e Literatura. Conta com apoio cultural da Panvel Farmácias e Fleming, apoio gastronômico dos restaurantes Al Dente e Peppo Cucina e apoio da vinícola Cave de Pedra.

SERVIÇO


9º FESTIVAL DE INVERNO DE PORTO ALEGRE
De 24 a 30 de julho de 2017
Centro municipal de Cultura Lupicínio Rodrigues - Avenida Erico Veríssimo, 307 - Bairro Azenha - Porto Alegre/RS
Produção: SMC - Secretaria de Cultura de Porto Alegre
Co-realização: Sesc Porto Alegre
Realização: Prefeitura Municipal de Porto Alegre

INGRESSOS

Passaporte do Festival de Inverno: R$ 100, com direito a todas as atividades do Centro Municipal de Cultura e Cinemateca Capitólio.
- Início das vendas passaportes: 17 de julho, no Centro Municipal de Cultura
- Vendas individuais: no dia das atividades, duas horas antes
- Valores individuais: R$ 40 (inteiro), R$ 20 (promocional)
- Informações: Coordenação do Livro e Literatura pelos telefones (51) 3289-8050 / 8052 ou pelo e-mail festivaldeinvernopoa@gmail.com



3 de julho de 2017

Programação de Dança do Mês de Julho nos Teatros Municipais

Retrógrado ao Vivo

Foto: Cauan Feversani
◈  Onde: Teatro Renascença.
 Dia: 11 de julho, terça-feira, às 20h.
 Duração: 50 min
◈  Indicação: livre.
◈  Entrada: R$ 15 inteira.

Retrógrado ao Vivo é uma remontagem do espetáculo da New School Dreams Cia de Dança vencedor do Prêmio Açorianos de Dança 2014 retrógrado em 6D que através das danças urbanas brinca com o universo do cinema criando uma atmosfera de magia entre o filme e a realidade.



Dreamers

Foto: Carlos Henrique
◈  Onde: Teatro Renascença.
◈  Dias: 14, 15 e 16 de julho, sexta, sábado e domingo, às 20h.
◈  Duração: 90 minutos.
 Indicação: livre.
◈  Entrada: R$ 40 inteira.

Dreamers é o espetáculo da New School Dreams Cia de Danças que apresenta coreografias que irão participar dos principais festivais do Brasil. Os trabalhos foram criados a partir dos ideais e metas de cada um dos coreógrafos envolvidos na Cia.


Espaço Arcabouço

Foto: Luis Paulot
◈  Onde: Sala Álvaro Moreyra.
◈  Dias: 19 e 20 de julho, quarta e quinta, às 20h.
◈  Duração: 45 minutos.
◈  Indicação: livre.
◈  Entrada: R$ 30 inteira.

Espaço Arcabouço é um espetáculo inspirado na performance. A configuração dessa proposta se dá através da execução de procedimentos definidos pelo malabarista-performer, o público se deparará com o todo sem nenhum resquício escondido, o corpo exposto em estado de vulnerabilidade. A proposta é se entregar ao risco e as oposições presentes no malabarismo, oscilando entre a virtuose do malabarismo tradicional, até a mais simples tarefa de manipulação.


In/compatível?

Foto: Natália Utz
 Onde: Teatro Renascença.
◈  Dias: 20 e 21 de julho, quinta e sexta, às 20h.
◈  Duração: 40 minutos.
 Indicação: 16 anos.
 Entrada: R$ 30 inteira.

IN/compatível? Teve estreia no ano de 2005, e agora em comemoração aos 15 anos de Cia. com uma produção ativa de forma ininterrupta, resolvemos remontar este trabalho que é um dos mais emblemáticos de nossa trajetória, com elenco renovado, além do núcleo artístico principal da Cia. Luciano Tavares e Eduardo Severino fazem parte desta remontagem/recriação os criadores/intérpretes Andrew Tassinari e Viviane Gawazee.
Mais informações, clique aqui.

30 de junho de 2017

Curso da Universidade Aberta


Palestra da Universidade Aberta


Descentralização recebe inscrição de oficinas a partir de 26 de junho


A Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por intermédio da Coordenação de Descentralização da Cultura, recebe a partir de 26 de junho as inscrições para as oficinas descentralizadas, que serão implementadas dentro da estrutura do Sistema de Oportunidades Culturais. Podem ser apresentados projetos nas seguintes áreas: Artes Plásticas, Audiovisual, Fotografia, Música, Dança, Teatro, Poesia, Capoeira, Hip Hop, História em Quadrinhos. As oficinas serão oferecidas durante três meses nos bairros de maior vulnerabilidade social do município.
Neste ano, as oficinas desenvolverão ações nas modalidades de sensibilização (voltadas para crianças de 4 a 5 anos), e iniciação (6 a 16 anos). Os ministrantes selecionados passarão por uma formação antes de iniciarem o trabalho.
Sistema - O Sistema de Oportunidades Culturais é constituído por ações de sensibilização, iniciação, formação e ações replicantes que se estruturam num conjunto de atividades objetivando ser caminho para a inclusão de indivíduos e grupos no processo cultural, além de qualificar a relação dos agentes com o público através de ações formativas.
Saiba mais no site da Secretaria da Cultura.
http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smc/default.php…

13 de junho de 2017

SELECIONADOS NO EDITAL DE OCUPAÇÃO DOS TEATROS MUNICIPAIS 2017/2º Semestre


1118 - Retalhos, Elias Junior, 17ª Temporada, 25 e 26 de novembro (sábado e domingo), 20h, Sala Álvaro Moreyra
1123 - Acá Estamos, Lorena Sanchez, 9ª Temporada, 24 de agosto (quinta), 20h, Teatro Renascença
1128 - Arcabouço, Gabriel Martins, 3ª Temporada, 19 e 20 de julho (quarta e quinta), 20h , Sala Álvaro Moreyra
1130 - Sopros 2017, Ivan Motta, 11ª Temporada, 29 e 30 de setembro e 1º de outubro (sexta, sábado e domingo), 20h , Sala Álvaro Moreyra
1132 - II Mostra N, Luka Ibarra, 8ª Temporada, 23 de agosto (quarta), 20h, Sala Álvaro Moreyra
1134 - Retirantes, Thiago Souza, 15ª Temporada, 26 de outubro (quinta), 20h, Teatro Renascença
1141 - 18 Anos Andanças, Clóvis Rocha, 13ª Temporada, 12 de outubro (quinta), 20h, Teatro Renascença
1155 - Sobre nós, Tainá Borges, 18º Temporada, 01, 02 e 03 de dezembro (sexta, sábado e domingo), 20h, Teatro Renascença
1171 - Vincent, Richard Salles, 19ª Temporada, 02 e 03 de dezembro (sábado e domingo), 20h, Sala Álvaro Moreyra
1192 - Grand Pas de Deux, Rony Leal, 12ª Temporada, 30 de setembro e 1º de outubro (sábado e domingo), 20h, Teatro Renascença
1193 - A Deusa da Minha Rua, Isabela Gaviolli, 14ª Temporada, 19 de outubro (quinta), 20h, Teatro Renascença
1198 - Coisas que POA Dança, Fábio Magalhães, 20ª Temporada, 09 e 10 de dezembro (sábado e domingo), 20h, Teatro Renascença
1200 - Feminino Sagrado - Um olhar descendente da mitologia africana, Iara Deodoro, 16ª Temporada, 24, 25 e 26 de novembro (sexta, sábado e domingo), 20h, Teatro Renascença
1206 - Dreamers, Gustavo Silva, 2ª Temporada, 14, 15 e 16 de julho (sexta, sábado e domingo), 20h, Teatro Renascença
1210 - Incompatível, Edu Severino, 4ª Temporada, 20 e 21 de julho (quinta e sexta), 20h, Teatro Renascença
1212 - Um Olhar Através de, Suzana D'Avila, 6ª Temporada, 16 de agosto (quarta), 20h, Sala Álvaro Moreyra
1215 - Argonautas, Lizandro Belotto, 7ª Temporada, 17 de agosto (quinta), 20h, Teatro Renascença

31 de maio de 2017

Divulgada a lista dos homologados no Edital de Ocupação dos Teatros - 2º Semestre


HOMOLOGADOS

1118 – Elias da Silva Junior;
1119 – Fernanda Rispoli Quartieri;
1123 – Lorena Sanchez Aparicio;
1130 – Luciana Ibarra dos Santos Sperb;
1131 – Claudia Corrêa da Silva;
1132 – Luciana Ibarra dos Santos Sperb;
1134 – Tiago R. Souza;
1141 – Rosane Borrego dos Santos
1155 – Tainá Borges de Ávila
1171 – Richard Araujo Salles
1179 – Cláudia Dutra
1185 – Jackson Willian Silva Brum
1192 – Luciana Ibarra dos Santos Sperb
1193 -Izabela Lucchese Gavioli
1198 -Fábio Moreira Magalhães
1200 – Maria Iara Santos Deodoro
1205 – Gustavo dos Santos Silva
1206 – Gustavo dos Santos Silva
1210 – Ana Paula Silva dos Reis
1212 – Cristiane Weizenmann Marçal
1213 – Karina D’Avila Araujo
1215 – Lisandro Marcos Pires Bellotto

NÃO HOMOLOGADOS

1128 – Gabriel Martins – Opção de categoria NOITE DO CIRCO no ofício de solicitação
1209 – Rodrigo Arildo de Souza Garbin – Falta assinatura no ofício de solicitação




30 de maio de 2017

Mostra comemora 10 anos do Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre


No dia 06 de junho, a partir das 20h, no Teatro Renascença acontece a Mostra de 10 anos do Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre (GED). 

O GED é um projeto criado e coordenado pelo Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre. O programa funciona ao longo do ano realizando formação gratuita em dança, com profissionais da cena gaúcha como Eva Schul, Luciana Paludo, Bia Diamante, Neca Machado, Silvia Canarim, Eduardo Severino, Liane Venturella, João de Ricardo e Andrea Spolaor, entre outro.

O projeto nasceu em 2007 da necessidade de disponibilizar uma formação artística, plural, democrática e acessível para aos interessados em dança na capital, mantendo uma rotina de diária de aulas e possibilitando a vivência do trabalho coletivo e a troca de saberes entre bailarinos, professores, intérpretes e criadores. O programa das aulas é multidisciplinar e inclui história da dança, performance, educação somática, laboratórios de criação e improvisação, dança contemporânea, dança moderna, entre outras.

Vários alunos e alunas atuam hoje como professores dentro do corpo docente do GED, como intérpretes em companhias internacionais e nacionais ou criaram seus grupos e coletivos artísticos, muitos recebendo prêmios como o Açorianos de Dança e Klauss Vianna/Funarte. Entre eles podemos destacar Marcio Canabarro que atua na Hungria, na Cia Hodworks e em trabalhos de Meg Stuart/Damaged Goods, uma das mais destacadas da cena europeia; Douglas Jung que se graduou na Salzburg Experimental Academy of Dance – SEAD, na Aústria e hoje atua no coletivo Moebius; e Luiza Moraes que atua na AVOEC Multidisciplinary Performance Company, em Budapeste. Entre os alunos do projeto estiveram também: Roberta de Savian (Prêmio Açorianos de Melhor Bailarina), Alessandro Rivellino (Prêmio Açorianos de Melhor Bailarino), Paula Finn (Prêmio Açorianos de Melhor Bailarina), Fernanda Bertoncello Boff (Prêmio Klauss Vianna de Dança FUNARTE 2015). Artista de outras áreas também buscaram formação complementar no GED como a atriz Aline Jones, que hoje atua em cinema e televisão, o artista visual Maílson Fantinel, a cineasta Fanny Vasconcellos e o músico Pedro Cassel.

O GED iniciou suas atividades no dia 6 de junho de 2007 no oitavo andar da Cia de Arte de Porto Alegre, com 15 alunos, que ao longo de seis meses tiveram aulas diárias e criaram o espetáculo Follias Fellinianas. De lá para cá foram mais 400 alunos e cerca de 5000 mil horas de aulas, improvisos, laboratórios, invenções, descobertas, afetos e trabalho intenso que produziram diversas mostras de trabalhos, espetáculos, intervenções, videodanças e performances.

Histórico de produções realizadas:


Follias Fellinianas (2007), direção de Airton Tomazzoni
...algo assim que me intrigue (2008), direção Luciana Paludo
Eu me faço simples por você (2008), direção de Airton Tomazzoni
Alguma coisa acontece (2009), direção de Airton Tomazzoni
Inspiração (2010) – selecionado para o Festival Internacional VideoDanzaBA (Buenos Aires/Argentina)
Pulp Dances (2010), direção Juliana Vicari
Faz de conta que (2010), direção de Airton Tomazzoni
Performances, happenings, instalações ou outras experiências (in)nomináveis (2011)
...foi para o espaço (2012), de Douglas Jung
Cuidado Frágil (2012),direção de Airton Tomazzoni, Andrea Spolaor e Alessandro Rivellino
Sou muitos e mudo (2012), direção de Airton Tomazzoni
Um corpo terrorista (2013), criação coletiva
Procedimento 21+1 (2013), direção de Douglas Jung
Risco GED (2013), de Alessandro Rivellino
Cybermacumba (2014), criação coletiva
Sagração (2014), direção de Douglas Jung
Ossoroca (2015), criação coletiva
Casula (2015),criação coletiva
Kairós – o que fica em nós (2016), criação coletiva
Gala GED (2016), criação coletiva

Para comemorar esses 10 anos de trajetória estarão reunidos ex-alunos e alunas das diversas turmas que integraram o projeto, coletivos que foram criados a partir do Grupo, em uma noite celebrativa e que promete fortes emoções no Teatro Renascença com fragmentos de montagens antigas do GED e novas obras produzidas por ex-integrantes.

Programação:


Ecdise – do Coletivo Tônuma
Fragmento do Gala GED  - com a Turma 2016
Tacanha – de Roberta Fofonka, Janaína Ferrari, Bruno Cunha, Pedro Cassel, Débora Cardoso, Naiana Tedesco, João Queiroz e Patrícia Nardelli
Soltar Nós – com Priya Mariana Konrad e Sahaj
Fragmento do Espetáculo Gotas de Cristal – com Carol Mendes e Ramon Ortiz
Solo, de Vinícius Jordão
Fragmentos Pulp Dance 
Vazio, de Kevin Brezolin
Benedita da Elza Soares - Rogério Bertoldo
Etta Nóis - GED 2017
Tá de Parabéns – com Coletivo Moebius

28 de abril de 2017

Edital de Ocupação do Teatro Renascença e Sala Álvaro Moreyra


A Coordenação de Artes Cênicas da Secretaria da Cultura de Porto Alegre recebe no período de 15 a 26 de maio de 2017, pedidos para ocupação do Teatro Renascença e da Sala Álvaro Moreyra. As datas oferecidas são para o 2° semestre do ano de 2017, com temporadas de TEATRO E CIRCO, ESPETÁCULOS PARA PÚBLICO INFANTOJUVENIL, DANÇA, MÚSICA, PROJETOS NOVAS CARAS, NOITE DO CIRCO e TEMPORADA LIVRE.

Para mais informações acesse o Blog Mais Teatro

26 de abril de 2017

Diálogos sobre Noverre em comemoração ao Dia Internacional da Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre convida para os Diálogos sobre “Noverre”, com Prof. Airton Tomazzoni dos Santos, no dia 27 de abril, às 9h30min , no Auditório do Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre (Av. Erico Veríssimo, 307) em comemoração ao Dia Internacional da Dança (29/04).

O dia 29 de abril foi instituído o Dia Internacional da Dança em homenagem a Jean-Georges Noverre , bailarino e professor de balé francês que nasceu em Paris em 29 de abril de 1727 e faleceu em 19 de outubro de 1810. Ele reformulou os princípios gerais que norteavam a dança do seu tempo. Autor de Cartas sobre a dança, Noverre defendeu a ampla formação do bailarino, sua profissionalização e a valorização da dança frente às demais artes. Sua obra é uma leitura provocativa e referencial para a reflexão sobre a criação e ensino de dança abordando temas como a tensão entre técnica e expressividade, a questão entre cópia e inventividade, a relação entre racionalidade e emoção no processo artístico, a proximidade entre arte e vida, a atenção ao acaso e à irregularidade, ou ainda o caráter perigoso e subversivo da inventividade.

Sugestão de leitura: Artigo da Revista Cena - Prof. Airton Tomazzoni

Companhia Municipal de Dança realizada espetáculo na Mostra de Dança de Bento Gonçalves


A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre realiza o espetáculo “Humano Vazio” na Mostra de Dança de Bento Gonçalves que comemora o Dia Internacional da Dança, dia 27 de abril, às 20h, no Anfiteatro Ivo da Rold - Casa das Artes (Rua Herny Hugo Dreher, 127 – Bairro Planalto – Bento Gonçalves). O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Bento Gonçalves e a Fundação Casa das Artes, em parceria com o L’América Shopping e o Sesc.

“Humano Vazio” é a nova coreografia da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre dirigida pelo bailarino e jovem coreógrafo Mariano Neto, ex-integrante da Cia Municipal. Neste trabalho "Tudo é sacudido, posto radicalmente em discussão. A superfície, antes congelada, das verdades e dos valores tradicionais está despedaçada e torna-se difícil prosseguir no caminho, avistar um ancoradouro”. Como coloca o filósofo Rossano Pecoraro ao abordar o tema do niilismo, atravessamos mais um período em que os valores tradicionais depreciam-se e os princípios e critérios absolutos dissolvem-se. Como agir frente ao vazio que se estabelece? É nessas direções e percursos que a o novo trabalho da Cia Municipal de Dança se permite trilhar. A instabilidade, incertezas, descaminhos, angústias, ambiguidades, que por vezes anestesiam e paralisam, por vezes provocam o frenesi no corpo, nas ações, nos gestos. Como nos afeta afinal a consciência do absurdo e do nada que atravessa nosso cotidiano.

No programa da noite a Companhia apresentará também “Scanner”, que integra o espetáculo Adágio, com direção de Airton Tomazzoni e criação coreográfica coletiva com o elenco. Na obra os bailarinos fazem uma constante e hipnótica varredura do palco, como nos aparelhos de digitalização de imagens: os scanners. Danças, movimentos, sequências coreográficas e referências da cultura contemporânea vão sendo incorporados às atitudes e ações que vão se transformando a cada vez que essa linha humana vai cruzando o palco.

A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre foi formalizada por Lei pelo Prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, em 13 de janeiro deste ano, atendendo uma reivindicação antiga da classe artística da dança que vinha lutando por esse projeto, desde 1995, nas Conferências Municipais de Cultura. A Cia Municipal funcionou desde 2014 em Porto Alegre como projeto piloto, numa parceria da entre as Secretaria Municipais da Cultura (SMC) e da Educação (SMED) da Prefeitura de Porto Alegre.

A Cia é composta por bailarinos profissionais selecionados através de audição em edital público e atua em conjunto com o Programa das Escolas Preparatórias de Dança – EPDs e a Companhia Jovem de Dança. Teve sua estreia em 2014 e, em seus dois anos de existência, realizou 21 apresentações e somou mais de 20 mil espectadores, chegando ao final de 2016 com um repertório significativo de 8 obras coreográficas. As EPDs, atendem a crianças e adolescentes oportunizando o acesso gratuito a um programa intensivo e complementar de formação em várias linguagens de dança. Esse projeto conta com 35 professores e atualmente possui cinco sedes na periferia da cidade de Porto Alegre atendendo a mais de 500 alunos que utilizam o fazer artístico como alavanca na formação pessoal e possível formação profissional.

Em 2016, ano em que comemorou o seu segundo aniversário, a Companhia Municipal recebeu patrocínio do O Boticário na Dança para se apresentar em 4 cidades brasileiras, reconhecendo a excelência do trabalho já desenvolvido e ampliando a difusão da arte da dança produzida em nossa cidade. Encerrando o ano de 2016, a Companhia participou da montagem do concerto especial de final de ano com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), com a ópera Carmina Burana que foi prestigiada por mais de 6 mil espectadores no Auditório Araújo Vianna.


Serviço:

Espetáculo da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre – “Humano Vazio” e “Scanner”
Quando: 27 de abril de 2017
Onde: Anfiteatro Ivo da Rold - Casa das Artes (Rua Herny Hugo Dreher, 127 – Bairro Planalto – Bento Gonçalves).
Que horas: 20h

Ficha Técnica:

Bailarinos:
Fernanda Santos
Fernando Queiroz
Juliana Coutinho
Kleo D’Santys
Maurício Miranda
Pamela Agostini
Stephanie Cardoso
Victoria Bemfica

Técnico de Luz: João Batista Machado Freire

“Humano Vazio”
Coreografia: Mariano Neto
Figurinos: Mova Brasil
Vídeo: Moov.art – Fernando Muniz
Fotografia: Cintia Bracht

“Scanner”
Direção: Airton Tomazzoni
Coreografia: criação coletiva
Figurinos: Antonio Rabadan

24 de abril de 2017

Centro de Dança divulga os selecionados para o Grupo Experimental de Dança 2017


Após a realização das audições entre os dias 17 e 24 de abril o Centro Municipal de Dança da Secretaria da Cultura divulga a lista dos selecionados para o Grupo Experimental de Dança 2017.
Neste ano o Grupo chega a sua 10ª edição e oferece a oportunidade de formação gratuita em dança durante o ano com diversos profissionais da área no Rio Grande do Sul e a prática de criação artística em grupo. O projeto conta neste ano com a parceria da Casa de Cultura Mário Quintana.

Confira a lista dos selecionados:

1. Adriele Teixeira
2. Alexsander Fernandes dos Santos
3. Alice Fogliatto
4. César Rodrigues Pereira
5. Diego Machado
6. Douglas Florence
7. Eduardo Silveira D’Ávila
8. Francisco Macalão de los Santos
9. Gianna Corrêa Soccol
10. Giorgia Fiorini
11. Giulia Milanez Peña Schiavi
12. Guadalupe Rausch Tomazzoli
13. Gustavo Luz
14. João Lima
15. Juliana Nólibos Jorge 
16. Juliano Ramos Barros
17. Kevin Brezolin
18. Laura Brodt Leistner Feijó
19. Leila Klein de Oliveira
20. Leonardo T. Marim
21. Ligia de Menezes Meyer
22. Luisa Krakhecke Amaro
23. Maria Ana Emerich Carmo
24. Mariana Pacheco Tebacker
25. Martina Frölhich
26. Mayara Soares Rodrigues
27. Nadia Korneeva
28. Natalia Meneguzzi Hejazi
29. Pedro Toledo Ciocca
30. Rafaela Cezar Fischer
31. Renata Ibis
32. Reynaldo Lirio de Melo Neto
33. Rocío Del Rio Mercado
34. Samantha Aline da Silva
35. Tamara Giuliana Sitta
36. Verônica Vaz

Suplentes (por ordem de classificação):

1. Lais Souza da Silva
2. Camila Maccari
3. Tiana Godinho de Azevedo
4. Joana Alcântara
5. Helena Luz
6. Luziana Oliveira
7. Julia Duarte
8. Renata Stelkens
9. Rebeca Vidal
10. Bruna Saarschimdt
11. Catarina de Lima Dias
12. Marina Feldens Malcon
13. Fernanda R. Gonçalves
14. Jesline Cantos

5 de abril de 2017

Centro Municipal de Dança abre inscrições para o Grupo Experimental 2017


O Centro Municipal de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre abre as inscrições de 06 a 13 de abril para os interessados em participar do Grupo Experimental de Dança da Cidade de Porto Alegre. O projeto oferece a oportunidade de formação em dança durante um ano com diversos profissionais da área no Rio Grande do Sul e a prática de criação artística em grupo.

O programa de curso é gratuito e inclui 4 aulas por semana (segunda, terça, quarta, e sexta), durante o turno da manhã, com diversas abordagens e estilos como dança contemporânea, dança moderna, improvisação, história da dança, entre outras. O programa prevê aproximadamente 350 horas/aula ao ano, de maio a dezembro. Mais de 400 alunos já participaram do projeto que teve no seu corpo docente profissionais como Eva Schul, Neca Machado, Douglas Jung, Alexandre Rittman, Bia Diamante, Didi Pedone, Alessandro Rivellino, Iandra Cattani, Driko Oliveira, Thais Petzhold, Suzana Dávila, João de Ricardo, Luciana Paludo, entre outros.

O projeto pioneiro e inédito é uma realização do Centro Municipal de Dança, da Secretaria da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre, teve início em 2007 e desde 2011 conta com parceria da Casa de Cultura Mario Quintana e Secretaria de Estado da Cultura - SEDAC-RS.

Na sua curta trajetória o projeto do Grupo Experimental de Dança da Cidade já pôde perceber resultados no âmbito da criação e da formação além das fronteiras do país. Os ex-alunos Marcio Canabarro e Douglas Jung passaram na audição e ganharam bolsa para estudar na Salzburg Experimental Academy of Dance (SEAD), na Áustria. Muitos outros integrantes passaram a atuar em outros grupos ou companhias ou como coreógrafos, bem como prosseguindo sua formação em dança em centros de excelência no Brasil e no exterior. Além disso novos coletivos e núcleos de criação têm se formado a partir das turmas do GED.

Cronograma:


De 06 a 13/04 - Inscrições
De 17 a 24/04 - Aulas abertas para seleção (audições)
25/04 - Resultado da Seleção
26/04 - Aula Inaugural

As inscrições estão abertas para alunos e alunas a partir dos 15 anos. Os interessados devem enviar carta de interesse e ficha de inscrição para o Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura, (Av. Érico Veríssimo, 307) através do endereço eletrônico: dancasmc@gmail.com. Outras informações pode ser obtidas através do fone 3289.8065. 

30 de março de 2017

Companhia Municipal de Dança realizada espetáculo em apoio à Casa do Artista Riograndense


A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre realiza o espetáculo “Humano Vazio” em apoio à Casa do Artista Riograndense, no dia 06 de abril de 2017, às 20h, no Teatro Renascença. O evento busca apoiar a manutenção da Casa e irá recolher doações de leite longa vida no dia do espetáculo. Nessa parceria a Companhia Municipal de Dança fará também uma apresentação aberta ao público no Sarau da Casa do Artista que acontecerá no próximo dia 06 de maio.

“Humano Vazio” é a nova coreografia da Cia Municipal dirigida pelo bailarino e jovem coreógrafo Mariano Neto, ex-integrante da Cia Municipal. Neste trabalho "Tudo é sacudido, posto radicalmente em discussão. A superfície, antes congelada, das verdades e dos valores tradicionais está despedaçada e torna-se difícil prosseguir no caminho, avistar um ancoradouro”. Como coloca o filósofo Rossano Pecoraro ao abordar o tema do niilismo, atravessamos mais um período em que os valores tradicionais depreciam-se e os princípios e critérios absolutos dissolvem-se. Como agir frente ao vazio que se estabelece? É nessas direções e percursos que a o novo trabalho da Cia Municipal de Dança se permite trilhar. A instabilidade, incertezas, descaminhos, angústias, ambiguidades, que por vezes anestesiam e paralisam, por vezes provocam o frenesi no corpo, nas ações, nos gestos. Como nos afeta afinal a consciência do absurdo e do nada que atravessa nosso cotidiano.

No programa da noite a Companhia apresentará também “Scanner”, que integra o espetáculo Adágio, com direção de Airton Tomazzoni e criação coreográfica coletiva com o elenco. Na obra os bailarinos fazem uma constante e hipnótica varredura do palco, como nos aparelhos de digitalização de imagens: os scanners. Danças, movimentos, sequências coreográficas e referências da cultura contemporânea vão sendo incorporados às atitudes e ações que vão se transformando a cada vez que essa linha humana vai cruzando o palco.

A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre foi formalizada por Lei pelo Prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, em 13 de janeiro deste ano, atendendo uma reivindicação antiga da classe artística da dança que vinha lutando por esse projeto, desde 1995, nas Conferências Municipais de Cultura. A Cia Municipal funcionou desde 2014 em Porto Alegre como projeto piloto, numa parceria da entre as Secretaria Municipais da Cultura (SMC) e da Educação (SMED) da Prefeitura de Porto Alegre.

A Cia é composta por bailarinos profissionais selecionados através de audição em edital público e atua em conjunto com o Programa das Escolas Preparatórias de Dança – EPDs e a Companhia Jovem de Dança. Teve sua estreia em 2014 e, em seus dois anos de existência, realizou 21 apresentações e somou mais de 20 mil espectadores, chegando ao final de 2016 com um repertório significativo de 8 obras coreográficas. As EPDs, atendem a crianças e adolescentes oportunizando o acesso gratuito a um programa intensivo e complementar de formação em várias linguagens de dança. Esse projeto conta com 35 professores e atualmente possui cinco sedes: EMEF Senador Alberto Pasqualini, EMEF José Loureiro da Silva, EMEF Deputado Victor Issler, EMEF Pepita de Leão e EMEF Liberato Salzano Vieira da Cunha, atendendo a mais de 500 alunos que utilizam o fazer artístico como alavanca na formação pessoal e possível formação profissional.

Em 2016, ano em que comemorou o seu segundo aniversário, a Companhia Municipal recebeu patrocínio do O Boticário na Dança para se apresentar em 4 cidades brasileiras, reconhecendo a excelência do trabalho já desenvolvido e ampliando a difusão da arte da dança produzida em nossa cidade. Encerrando o ano de 2016, a Companhia participou da montagem do concerto especial de final de ano com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), com a ópera Carmina Burana que teve a casa lotada nos dois dias de apresentação no Auditório Araújo Vianna.

Serviço:


Espetáculo da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre – “Humano Vazio” e “Scanner”
Quando: 06 de abril de 2017
Onde: Teatro Renascença
Que horas: 20h
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (Idosos, estudantes, classe artística, servidores municipais e doadores de leite longa vida para Casa do Artista Riograndese) – venda na bilheteria do Teatro uma hora antes do espetáculo
Doação de um litro de leite longa vida na entrada do Teatro Renascença. As doações serão encaminhadas a Casa do Artista Riograndense.

Ficha Técnica:


Bailarinos:
Bianca Weber
Fernanda Santos
Fernando Queiroz
Juliana Coutinho
Kleo D’Santys
Maurício Miranda
Pamela Agostini
Stephanie Cardoso
Victoria Bemfica

Técnico de Luz: Karrá
Técnico de Som: Airton Tomazzoni

“Humano Vazio”
Coreografia: Mariano Neto
Figurinos: Mova Brasil
Vídeo: Moov.art – Fernando Muniz
Fotografia: Cintia Bracht

“Scanner”
Direção: Airton Tomazzoni
Coreografia: criação coletiva
Figurinos: Antonio Rabadan

22 de março de 2017

12 horas de dança na 58ª Semana de Porto Alegre


Para comemorar o aniversário de 245 anos da cidade de Porto Alegre, a Secretaria Municipal da Cultura, por meio do Centro Municipal de Dança, promoverá no dia 23 de março a Maratona de Dança com 12 (doze) horas de programação gratuita no Centro Municipal de Cultura – CMC. Dentre as atividades, performances, intervenções e oficinas a partir do meio dia. 

A programação inicia com a projeção de vídeos de dança premiados na edição de 2016 no Prêmio Açorianos de Dança. Durante à tarde haverá workshop de Estudos do Corpo e um Baile de Danças Circulares. Às 19h, o Grupo Afrosul se apresenta nas escadarias com show de tambores e danças dos orixás. A partir das 19h30 no Teatro Renascença haverá uma Gala de Dança reunindo coreografias com artistas locais que foram indicados ao Prêmio Açorianos de Dança com obras de balé clássico, dança contemporânea, danças urbanas, entre outras. Às 20h30 , na entrada do Teatro Renascença teremos a performance Anatome - Ação 1 com direção de Carlota Albuquerque. A partir das 21h na Sala Álvaro Moreyra haverá uma programação no clima dos cafés dançantes com performances de dança flamenca, sapateado, tango e danças de salão. A programação se encerra com um baile aberto no saguão do Centro Municipal de Cultura. Haverá ainda uma programação paralela de espetáculos nos dias 23, 25, 26 e 27 de março.
Confira a programação completa da Semana de Porto Alegre no site da Prefeitura. http://aniversario.portoalegre.rs.gov.br/aniversario/

Informações pelo telefone 3289.8065 


MARATONA DANÇA


Data: 23/03 – Quinta-Feira
Local: Centro Municipal de Cultura (Av. Erico Veríssimo, 307)
Entrada Franca (para apresentações nos teatros, retirada de senhas 1 h antes do início da apresentação)

PROGRAMAÇÃO


 12h – Projeção de vídeos de dança indicados ao Prêmio Açorianos de Dança 2016 – Saguão do Centro Municipal de Cultura

 14h – Workshop Estudos do Corpo, com o professor Wagner Ferraz – Auditório do Atelier Livre

 17h - Baile de Danças Circulares, com os facilitadores Ana Vasconcellos e Julio Nunes – Saguão do Centro Municipal de Cultura

 19h - Dança dos Orixás e tambores com Grupo Afrosul – em frente ao Centro Municipal de Cultura

19h30 – Gala de Dança – no Teatro Renascença
Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, com a Valsa da Bailarina (fragmento do espetáculo Salão Grená)
Ballet Vera Bublitz, com Amor em Desordem
New School Dreams, com Das Coroas
Jackson Brum, com O Medo
Luciana Paludo, com Um a um
Transforma Cia de Dança, com Um olhar através de
Ballet Lenita Ruschel, com Show Case
Al-málgama, com Sereias
New School Dreams, com Dreams Show Case
Ballet Redenção, com Don Quixote

20h30 – Anatome – Ação 1 – com direção de Carlota Albuquerque - em frente ao Centro Municipal de Cultura 

21h - Café Dançante – na Sala Álvaro Moreira
Daniele Zill e Leonardo Dias, com Existimos ou insistimos? Sapatear e resistir
Cia de Dança Cleber Borges, com Dramático
Paula Finn e Michele Richter do Grupo de Flamenco Silvia Canarim, com Tientos
Letícia Paranhos e Cristiano Vieira do Espaço N, com La Cachila
Carmen Pretto, com Aires Del Sur
Escola de Dança Karin Ruschel, com On the Ritz/ Nosso B.S. Chorus

22h - Baile Comemorativo - no saguão do Centro Municipal de Cultura, com participação de escolas e grupos de dança de salão da capital

PROGRAMAÇÃO PARALELA


23/03, às 21h
Theatro São Pedro
Espetáculo Únicas Coisas Eternas São as Nuvens – Porto Alegre Cia de Dança – com coreografia de João Butoh
Ingressos: R$1,00

23/03, às 15h30
Theatro São Pedro
Espetáculo Únicas Coisas Eternas São as Nuvens – Porto Alegre Cia de Dança - com coreografia de João Butoh
O espetáculo será gratuito direcionado às escolas.

25/03, às 20h
Teatro Renascença
Espetáculo Anatome – Canoas Coletivo de Dança – com direção e coreografia de Carlota Albuquerque

26/03, às 17h
Parque da Redenção
Espetáculo Verde (In)Tenso – GEDA – com direção e coreografia de Maria Waleska Van Helden 

27/03, às 18h
Cinemateca Capitólio
Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre com apresentações de Cenas de Cinema  na reinauguração da sala de projeção Cinemateca Capitólio. Participação especial de Leonardo Dias.



20 de março de 2017

Baile de Dança Circular integra a programação da Maratona de Dança



Para comemorar o aniversário de 245 anos da cidade de Porto Alegre, a Secretaria Municipal da Cultura, por meio do Centro Municipal de Dança, promoverá no dia 23 de março às 17h, um Baile da Dança Circular, no saguão do Centro Municipal de Cultura (Av. Érico Veríssimo, 307) com os focalizadores Ana Vasconcelos e Julio Nunes. A programação integra a Maratona de Dança com 12 (doze) horas de programação gratuita no Centro Municipal de Cultura.

As Danças Circulares integram um movimento de dança contemporânea que surgiu com Bernhard Wosien (1908-1986), bailarino e professor polonês/alemão que entre as décadas de 1950 e 1960 pesquisou e divulgou danças circulares de vários povos, buscando a valorização das diversidades culturais com o apoio da Comunidade de Findhorn, na Escócia, onde viveu por muitos anos.

Nas Danças Circulares as pessoas de todas as culturas, etnias e idades tem espaço. O que importa é que o grupo vivencie o movimento de forma coletiva, respeitando a forma como cada um coloca seu corpo e buscando uma experiência de integração, harmonia e da cultura de paz.

Venha dançar conosco! Para conhecer a programação completa da Semana de Porto Alegre acesso o site da Prefeitura http://aniversario.portoalegre.rs.gov.br/aniversario/

15 de março de 2017

Abertas as inscrições para o workshop Estudos do Corpo com o professor Wagner Ferraz.



Para comemorar o aniversário de 245 anos da cidade de Porto Alegre, a Secretaria Municipal da Cultura, por meio do Centro Municipal de Dança, promoverá no dia 23 de março, no Auditório do Atelier Livre, das 14h às 17h, o workshop Estudos do Corpo – Cartografar Corpos, Método, Pesquisa e Criação “Com”... ministrado pelo professor Wagner Ferraz. A programação integra a Maratona de Dança com 12 (doze) horas de programação gratuita no Centro Municipal de Cultura – CMC.

As inscrições estão abertas de 16 a 21/03 e devem ser efetuadas através do envio de breve currículo somente pelo email dancasmc@gmail.com 


Sinopse: Cartografar corpos vem a ser um modo de tratar a pesquisa imanente a criação, ou seja, criar e pesquisar estão no mesmo plano de efetuação constituindo-se no corpo, “com” o corpo e pelo corpo. A proposta dos Estudos do Corpo propõe a experimentação como modo de produzir um processo e acompanha-lo, problematizando a divisão teoria e prática, a rigidez tradicional de método, e a noção de criação como “dom divino”, articulando conhecimentos do campo da educação, das artes e dos estudos do corpo na perspectiva das filosofias da diferença.

Palavras-chave: Corpo, criação, pesquisa, método e educação.

Modo: Proposta expositiva aberta a discussão e a experimentação.

Público-alvo: artistas, estudantes e interessados em geral no tema corpo.

Vagas: 20 (vinte)

Data: 23/03/2017

Horário: das 14h às 17h

Local: Centro Municipal de Cultura – Auditório do Ateliê Livre

Ministrante: Wagner Ferraz

Formação: Doutorando do PPG em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde/UFRGS; Mestre em Educação - PPGEDU/UFRGS – 2014; Pós-Graduado em Educação Especial (Lato sensu) UNISINOS/2011; Pós-Graduado em Gestão Cultural (Lato sensu) SENAC/2010; Graduado em Dança - ULBRA/2008; Aluno do curso de Pedagogia – UNINTER; Acadêmico da Licenciatura em Dança – UFRGS.

3 de março de 2017

Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre inicia temporada 2017


A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre retoma suas atividades em 2017 e abre a temporada de espetáculos no Teatro Renascença, nos dias 10, 11 e 12 de março, às 20h, com o espetáculo “Humano Vazio”.
“Humano Vazio” é a nova coreografia da Cia Municipal que está sendo preparada pelo bailarino e jovem coreógrafo Mariano Neto, ex-integrante da Cia Municipal. Neste trabalho "Tudo é sacudido, posto radicalmente em discussão. A superfície, antes congelada, das verdades e dos valores tradicionais está despedaçada e torna-se difícil prosseguir no caminho, avistar um ancoradouro”. Como coloca o filósofo Rossano Pecoraro ao abordar o tema do niilismo, atravessamos mais um período em que os valores tradicionais depreciam-se e os princípios e critérios absolutos dissolvem-se. Como agir frente ao vazio que se estabelece? É nessas direções e percursos que a o novo trabalho da Cia Municipal de Dança se permite trilhar. A instabilidade, incertezas, descaminhos, angústias, ambiguidades, que por vezes anestesiam e paralisam, por vezes provocam o frenesi no corpo, nas ações, nos gestos. Como nos afeta afinal a consciência do absurdo e do nada que atravessa nosso cotidiano. Veja o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=9d5HklefjjQ
No programa da noite a Companhia apresentará também “Scanner”, que integra o espetáculo Adágio, com direção de Airton Tomazzoni e criação coreográfica coletiva com o elenco.
A Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre foi formalizada por Lei pelo Prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, em 13 de janeiro deste ano, atendendo uma reivindicação antiga da classe artística da dança que vinha lutando por esse projeto, desde 1995, nas Conferências Municipais de Cultura. A Cia Municipal funcionou desde 2014 em Porto Alegre como projeto piloto, numa parceria da entre as Secretaria Municipais da Cultura (SMC) e da Educação (SMED) da Prefeitura de Porto Alegre. 
A Cia é composta por 15 bailarinos profissionais selecionados através de audição em edital público e atua em conjunto com o Programa das Escolas Preparatórias de Dança – EPDs e a Companhia Jovem de Dança. Teve sua estreia em 2014 e, em seus dois anos de existência, realizou 21 apresentações e somou mais de 20 mil espectadores, chegando ao final de 2016 com um repertório significativo de 8 obras coreográficas. As EPDs, atendem a crianças e adolescentes oportunizando o acesso gratuito a um programa intensivo e complementar de formação em várias linguagens de dança. Esse projeto conta com 35 professores e atualmente possui cinco sedes: EMEF Senador Alberto Pasqualini, EMEF José Loureiro da Silva, EMEF Deputado Victor Issler, EMEF Pepita de Leão e EMEF Liberato Salzano Vieira da Cunha, atendendo a mais de 500 alunos que utilizam o fazer artístico como alavanca na formação pessoal e possível formação profissional.
Em 2016, ano em que comemorou o seu segundo aniversário, a Companhia Municipal recebeu patrocínio do O Boticário na Dança para se apresentar em 4 cidades brasileiras, reconhecendo a excelência do trabalho já desenvolvido e ampliando a difusão da arte da dança produzida em nossa cidade. Encerrando o ano de 2016, a Companhia participou da montagem do concerto especial de final de ano com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), com a ópera Carmina Burana que teve a casa lotada nos dois dias de apresentação no Auditório Araújo Vianna.

Serviço:

Espetáculo da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre – “Vazio Humano” e “Scanner”
Quando: 10, 11 e 12 de março de 2017
Onde: Teatro Renascença
Que horas: 20h
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (Idosos, estudantes, classe artística) – venda na bilheteria do Teatro Renascença uma hora antes do espetáculo.
Informações: Centro Municipal de Dança pelo telefone 3289.8065

Ficha Técnica:


Bailarinos:
Bianca Weber
Fernanda Santos
Fernando Queiroz
Juliana Coutinho
Kleo D’Santys
Maurício Miranda
Pamela Agostini
Stephanie Cardoso
Victoria Bemfica

Técnica de Luz: Lucida – Luka Ibarra
Técnico de Som: Sustain – Driko Oliveira

“Humano Vazio”
Coreografia: Mariano Neto
Figurinos: Mova Brasil
Vídeo: Moov.art – Fernando Muniz
Fotografia: Cintia Bracht

“Scanner”
Direção: Airton Tomazzoni
Coreografia: criação coletiva
Figurinos: Antonio Rabadan