Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

28 de dezembro de 2015

Edital de Seleção de Bailarinos para a Companhia Municipal de Dança


O edital de Seleção de Bailarinos para a Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre do dia 24 de dezembro.


Conheça o Edital e tenha acesso à ficha de inscrição e demais anexos.


Clique aqui

23 de dezembro de 2015

Mostra de Dança Verão 2016

Lista de selecionados para Mostra de Dança Verão 2016:

Quinta-feira, dia 07 de janeiro

1. Disco, de Escola de Dança Karin Ruschel
2. Os encantos da mulher gaúcha, de Sesc Maturidade Ativa POA
3. Dança do ventre/percussão, de Hind Said Estudio de Dança do Ventre
4. Bonito y sabroso, de Grupo Laços
5. Alma em devaneio, de Laboratório da Dança
6. Aquática, de Laboratório da Dança
7. Ojos asy, de Ducorpo Studio de Dança
8. Avalon, de Ducorpo Studio de Dança
9. Por força do hábito, de Detalhe
10. Infestos, de Detalhe
11. Estilhaço, de Laboratório da Dança
12. O corsário. Odaliscas e o Mercador Pas de Quatre, de Naira Nawroski
13. Pagodeando, de Studio de Dança Paulo Pinheiro
14. Até o fim, de Suzana D'ávila Studio de Dança
15. Manteinant, de Laboratório da Dança
16. Ballet 3 idade... Para Tony, Valter, Tais, Vitória, Isabel, Rola, Alexander..., deCDEG
17. Lira, de Circo Girassol
18. Fragmento do Espetáculo "Duas Artes em Sinfonia azul" - bella y formosa, obra inacabada e o caminho do sol, de Isis Navarro cia de Dança
19. Fragmento do Espetáculo "Dançando quintana" - tez/ o vento, de Isis Navarro cia de Dança e grupo enkanto
20. Solo com sáif – espada, de Cia Teatral Macktub
21. Quiereme, de Sabor Latino Cia de Dança

Sexta-feira, dia 08 de janeiro

1. Fragmento I da Mostra "Adúpé", de Roberta Campos - Dança afro-brasileira contemporânea
2. Dois, de Janine Marques e Milene Gelbke
3. Hiato, de Paula Finn
4. Paquita, de Ballet Redenção
5. Percurso, de Nebullae
6. Habitantes de Atlantis, de Ballet Maria Cristina Futuro
7. Desdenosa, de Circo Hibrido
8. 4 elementos, de Grupo de Danças Orientais Mystic
9. Despertar, de Nucleo da Arte e Dança
10. Imanência, de X Crew
11. Rakasat, de Studio de Dança Fernanda Mansur
12. Como Norma, de Norma Jeane Team
13. Pagu, de Tuka Santos
14. Breaking and rocking, de Restinga Crew
15. Dueto de snujs, de Cia Teatral Macktub
16. Invocação para um dia liquido fragmento do espetáculo "Retirantes", de Cia de Dança Horizontes
17. Noche de Maravilha, de Sabor Latino Cia de Dança
18. Permita-se, de Cia Filhas de Rá
19. Los Timbeiros,de DiModelar Cia de Dança
20. Before you go, de Cia de Danças Rodrigo Garbin
21. Entre Olhares, de DuCorpo Studio de Dança

Sábado, dia 09 de janeiro

1. Cisne Negro, de Ballet Redenção
2. New York New York, de Studio de Dança Paulo Pinheiro
3. Sway, de Studio de Dança Paulo Pinheiro
4. OLAF, de Andança
5. Baheya, de Grupo Gawasy
6. Fiesta Latina, de Movimento Cia de Dança
7. Bamboleo, de Carmem Rosca
8. Metal Symphony, de Coexistar
9. O viés da graça, de Ballet Concerto
10. Ponto, de Roberta Fofonka e Janaina Ferrari
11. Desatino, de Circo Hibrido
12. Minha dança não é só passos, de Equilibrio em movimento
13. La Cumparsita, de Duo Eduardo Paz e Cintia Rosa
14. Entre Becos e Vielas, de Restinga Crew
15. O encontro, de NECITRA
16. Meddley Chicago, de Ballet Concerto
17. Introspective!!!, de Cia de Dança Stravagance
18. Movimentos e sentimentos, de Restinga Crew
19. Move, de Alexandre Rittmann
20. Se encontrar, de Estudos em Dança de Salão UFRGS
21. Raks Bedeya, de Equipe de Show Nadima Murad
22. Eclipse, de Ballet da UFRGS
23. Guetto Style - Confronto de rua, de Stravagance street dance

Domingo, dia 10 de janeiro

1. Poetry, de Laboratório da Dança e Espaço N
2. Chama-me, de Alumbra España
3. Maravilhosos Tempos, 3T Coletivos Artísticos
4. Asas Para Voar, de Plural Grupo de Dança
5. Conficion, de Tripulacion
6. Olhos Bandidos, de Grupo Shuvanis
7. Um pouco esquisito, de Andança
8. Bachata Duo, de Escola de Dança Mahaila Adma
9. Between us, de Luiza Karnas
10. Encantamento, de Grupo Gawasy
11. Witch, de Tainá Nur
12. Al almoura, de Escola de Dança Mahaila Adma
13. Improvography, de Laboratório da Dança
14. Updown Funk, de Oficina de Sapateado da orquestra villa lobos
15. Nosso B.S, de Escola de Dança Karin Ruschel
16. I Feel Good, de Grupo de Dança Criação
17. Chega, de Laboratório da Dança
18. Triana, de Aliento Flamenco Cia de Dança
19. Hip hop, de Maria Gabriela
20. Ilusão e Mistério, de Aline Mesquita
21. Do Fim ao Começo, de Luisa Karnas
22. Cálice, de Daniel Cavalheiro

18 de dezembro de 2015

Cia Municipal de Dança de Porto Alegre



Cia Municipal de Dança de Porto Alegre encerra o ano com quatro obras inéditas

"Adágio no vocabulário musical indica uma obra com movimento mais vagaroso. Mas Adágio também é sinônimo ditado, uma forma de sabedoria popular. Nossos adágios são assim constituídos: do devido tempo para se maturar e de saberes que são encontrados no cotidiano, nas diversas expressões culturais que nos constituem. É um pouco a tradução do trabalho da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, um sonho acalantado por 70 anos e que vem se permitindo dar o tempo para encontrar sua identidade sem perder as referências do contexto cultural da nossa cidade."

A temporada que encerra 2015 será apresentada dias 18, 19 e 20 de dezembro, às 20h, no Teatro Renascença (Av. Erico Verissimo, 307). O programa reúne quatro novas obras que buscam traduzir a versatilidade da Cia, formada por intérpretes com experiências em diversas linguagens de dança do balé ao contemporâneo, das danças urbanas às danças populares. Assim, um núcleo de artistas com diversos saberes coreográficos que estão se permitindo dar o tempo de escuta, de trabalho e de entendimento para produzir obras singulares e que permitam revelar as diversas "vozes" que o compõe, sua versatilidade. Em tempos de tanta velocidade, permitir estar junto, trocar, compartilhar experiências, conhecimentos. Assim foi organizado esses adágios, de quatro diferentes tempos, em quatro diferentes movimentos. As obras inéditas são assinadas por dois jovens criadores, uma experiente coreógrafa e uma criação coletiva desenvolvida por um núcleo de bailarinos da Cia. Figurinos de Antonio Rabadan. Cenografia de Élcio Rossini. Iluminação deGuto Greca. Produção Luka Ibarra.


1. Ilação foi criado por Driko Oliveira, também bailarino da Cia a partir de referências de Danças Urbanas Dias 18,19 e 20
2. Narciso é uma criação de Douglas Jung, que graduou-se em composição coreográfica na SEAD/ Áustria. Dias 19 e 20
3. Água Viva mergulha no universo da escritora Clarice Lispector e tem direção coreográfica de Eva Schul, que recentemente recebeu a Medalha do Mérito Cultural pelo Ministério da Cultura Dias 18 e 20
4 - Scanner é uma criação coletiva criada pelos bailarinos e bailarinas e o diretor Airton Tomazzoni. Dias 18 e 19

ENTRADA FRANCA - SENHAS DISTRIBUÍDAS A PARTIR DAS 19H.

16 de dezembro de 2015

Açorianos 2015

Lista de vencedores do Prêmio Açorianos de Dança 2015: 


Espetáculo do Ano:
- Etnias, Grupo Kadima;

Direção:
- Izabela Gavioli e Lélio Santos, por 4 x 3 x 2 - Quatro trilogias dançadas a dois;

Bailarino:
- Maurício Miranda, por Um Olhar através de.

Bailarina:
- Paola Vasconcelos, por Corpobolados e Produção MEZCLA;

Coreografia:
- Gabriel Martins, Giovanni Vergo e Paola Vasconcelos, por Corpobolados;

Cenografia:
-Coletivo Moebius, por  Ìgbà- exercício de contemplação;

Iluminação:
- Mirco Zanini, por Espaço Arcabouço;

Figurino:
- Carmen More, Kelly Pinheiro, Nilma Corrêa,  Marcela Corrêa, por O Lago dos Cisnes...revisitado;

Trilha Sonora:
- Grupo My House com colaborações de Adriano Oliveira e Thiago Di Lucca, por Normótico;

Produção:
- Denise Turkienicz, Ida Nelstein, Marcela Roithmann, Rosane Krasner e Roseli Zelster, Gina Saffer e Circe Matos por Etnias,por Etnias,

Destaque em Dança do Ventre:
- Brysa Mahaila, pela constante busca por aprimoramento teórico e prático e pela manutenção de espaços sistemáticos de formação e difusão da cultura da dança do ventre;

Destaque em Danças Urbanas:
- Jukinha, pela criação e produção de eventos, atuação política defendendo a cultura hip hop e pelo trabalho de formação nas comunidades.

Destaque em Danças de Salão:
- EA Produções, pelo fomento da dança de salão na cidade de Porto Alegre através dos eventos como o Dança Porto Alegre entre outros; 

Destaque em Danças Étnicas:
- Grupo Kadima, pelo espetáculo Etnias e pelo conjunto de eventos promovidos em prol da divulgação da cultura israeli;

Destaque em Sapateado:
- Glenda Duarte, como divulgadora e organizadora de eventos de promoção da arte do Sapateado em Porto Alegre, como POA Tap, TAP Day e o espetáculo Matilda/Som

Novas Mídias em Dança:
- 3 Vozes Mind Vertice Nous Triskle ou Triskelion, de João Queiroz, Debora Jung, Ian Habib, Naiana Wink, Saulo Almeida

Destaque em Flamenco:
-Giovani Capeletti, pela trajetória como guitarrista flamenco, parceiro das companhias da cidade e por seu trabalho autoral;

Projetos de Difusão e Formação em Dança:
-Casa Cultural Tony Petzhold, pelo histórico do espaço e pelo acolhimento dado ao fazer artístico em dança;

Destaque em Balé:
-Adiene Fernandes, pela qualidade técnica e versatilidade no espetáculo Les Sylphides/Carmina Burana;

Destaque em Jazz:
- Carol Dalmolin, pelo trabalho de formação, pela criação coreográfica e pela produção do espetáculo Textil;
e
- Igor Zorzela, pela qualidade técnica e artística no espetáculo O Lago dos Cisnes, pelo trabalho que vem desenvolvendo como bailarino e professor da técnica de jazz;

Destaque em Dança Contemporânea:

- Eduardo Severino, pela produção, curadoria, articulação e divulgação do espaço da Sala 209/ Usina Gasômetro;

Personalidade da Dança:
- Iara Deodoro

Mídia: 
- Rádio FM CULTURA

Incentivo à dança: 
- Teatro CIEE

11 de dezembro de 2015

Programação do Final de Semana

Espetáculo Minha Dança não é só passos com Mara Nunes

Informações:
Quando: 13 de dezembro
Hora: 20h
Onde: Sala Alvaro Moreyra
Ingresso: R$ 20,00 antecipado 

Espetáculo Laboratório da Dança

Informações:
Quando: 13 de dezembro
Hora: 18h e 20h30min
Onde: Teatro Centro Histórico Cultural Santa Casa
Ingresso: R$ 30,00 antecipado  

Espetáculo SeteOito Impermanências

Informações:
Quando: 12 e 13 de dezembro
Hora: 21h
Onde: Casa Cultural Tony Petzhold. Av. Cristovão Colombo, n° 400
Ingresso: entrada franca

Dia Nacional do Tango

Informações:
Quando: 13 de dezembro
Hora: 18h30min às 20h
Onde: Auditório Barbosa Lessa
Ingresso: entrada franca

Oficina com Mickaella Dantas
Informações:
Quando: 12 e 13 de dezembro
Hora: 15h30min às 18h
Onde: Sala 209 - Usina do Gasômetro
Investimento: R$ 150,00

Curso de Dança Contemporânea com Eva Schul

Curso de Capacitação para trabalhar em navios com Fernando Campani

8 de dezembro de 2015

Escola Preparatória de Dança da Prefeitura de Porto Alegre mostra coreografias inspiradas em Flicts e Peter Pan


Foto de Géssica Hardt

Projeto é parceria entre as Secretarias da Educação e da Cultura 
e atende a mais de 500 crianças da rede pública municipal com formação em dança no turno inverso das aulas

A Escola Preparatória de Dança de Porto Alegre, projeto da Prefeitura de Porto Alegre que oferece formação continuada para alunos de escolas municipais, realiza sua I Mostra de Dança, dias 8 e 9 de dezembro, no Teatro Renascença, às 20 horas, com entrada franca. Na ocasião, as seis escolas sedes mostram os resultados do trabalho desenvolvido em 2015, com apresentação fechada às escolas às 18h.
Entre os trabalhos, coreografias baseadas na obra de Ziraldo, Flicts, com trilha de Arthur de Faria e Seu Conjunto, pela Escola José Loureiro; inspiradas na história de J.M. Barrie, Peter Pan, pela Escola Pepita de Leão, e em O Pequeno Príncipe, de Saint Exupery, pela Escola Dolores Alcaraz Caldas; e coreografias diversas com múltiplas linguagens da dança (ballet, jazz, sapateado americano, danças populares, danças urbanas, dança contemporânea, hip hop, entre outras).

A Escola Preparatória de Dança é um projeto desenvolvido em parceria pelas secretarias municipais de Educação (SMED) e de Cultura (SMC) com a Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, em que cerca de 500 estudantes participam de aulas envolvendo múltiplas linguagens de dança.
Seis escolas da Rede Municipal de Ensino funcionam como sedes do projeto: as EMEFs Dolores Alcaraz Caldas e Senador Alberto Pasqualini, na Restinga; José Loureiro da Silva, na Vila Cruzeiro; Pepita de Leão, no Passo das Pedras; Victor Issler, na Vila Mario Quintana; e Liberato Salzano Vieira, na Vila Elizabeth.
Idealizada por Airton Tomazzoni, Nara Mello Adolfo e Débora Leal, coordenadora do projeto, oportuniza a formação continuada em dança para alunos oriundos de escolas situadas em bairros de vulnerabilidade social e da própria comunidade.
Os depoimentos de alunos deixam claro a importância da participação no programa. “Participar da EPD é um amor inexplicável, que só consigo demonstrar dando o melhor de mim em ensaios e apresentações, para assim eu ser um futuro bailarino. Aprendi na EPD a dar o melhor de mim em cada ensaio, procurando sempre atingir metas e obstáculos para assim evoluir como bailarino. Foi aqui que comecei a descobrir a arte pela qual um dia iria me apaixonar. Devemos dançar por paixão e sentimento que sentimos através dela. Isso pra mim é o mais importante no aprendizado da dança, a paixão.”(Gabriel, 16 anos)

A EPD é um lugar onde posso me expressar e mostrar o meu melhor como pessoa, como aluno e futuro bailarino. Aprendi a ouvir e sempre procurar fazer o melhor e mais belo. Tudo que sei sobre dança e esse ramo da arte é graças a EPD e o que ela trouxe pra mim”. (Thales, 16anos)

Estar na EPD significa superação, onde eu vejo o que sou capaz de fazer e superar minhas dificuldades. Aprendi que devemos sempre dar o nosso melhor a cada dia, trabalhando duro é que vemos os melhores resultados. Acho que dançar não é simplesmente fazer alguns movimentos em uma contagem, dançar é se expressar, sentir com a música e mostrar com o corpo o que sentimos ao dançar.” (Aliny, 15 anos)

O programa das EPDs oferece aulas de ballet, jazz, sapateado americano, dança contemporânea, danças urbanas, dança de salão, danças brasileiras, ritmos, capoeira, arte circense, atelier coreográfico, atelier de figurinos, entre outras, com a participação de 30 professores. A Fundação de Educação e Cultura do Sport Club Internacional (Feci) é parceira da Smed.
O ensino oferece uma formação integral e continuada com até 400 horas/aulas anuais, preparando um futuro profissional para atuação na Cia Municipal, estágios em escolas especializadas e companhias coletivos independentes, como monitores e educadores em projetos como Escola Aberta, Mais Educação, Descentralização da Cultura, Escola Livre de Dança, projetos sociais e comunitários, além da própria Escola Preparatória, entre outros espaços profissionais na área.

O piloto aconteceu em 2014 na EMEF José Loureiro da Silva, onde foi criada, em 2008, o Centro de Dança, com o objetivo de desenvolver a dança para toda a rede de ensino, descentralizando a cultura no município. O programa contempla a proposta da SMED de realizar atividades em turno inverso na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre, a fim de complementar e ampliar o estudo de crianças e adolescentes.

Data: 
8 e 9 de dezembro de 2015
Horário: 20h
Local: 
Teatro Renascença (Centro Municipal de Cultura – Av. Erico Verissimo, 307)

Atividade gratuita
Informações: Centro Municipal de Dança (3289.8065/tomazzoni@smc.prefpoa.com.br)

7 de dezembro de 2015

DIVULGADOS OS FINALISTAS DO PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA 2015

         O Centro de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre divulga a lista de finalistas ao prêmio Açorianos de Dança 2015. O prêmio será entregue em 15 de dezembro, 20 horas, no Teatro Renascença. Os espetáculos com maior número de indicações são Ìgbà- exercício de contemplação, do Coletivo Moebius, e 4 x 3 x 2 - Quatro Trilogias dançadas a dois, do Grupo Laços, com oito indicações, seguido por Etnias, do Grupo Kadima, e Corpobolados, ambos com seis indicações.

Em 2015 foram 15 espetáculos inscritos no Prêmio. O grande júri, que julga os espetáculos inscritos, foi composto por Beatriz Diamante, Cristina Melnik, Débora Leal, Débora Wegner, Gerson Vargas, Gina Vitola, Gustavo Silva, Luís Felipe Silveira, Naira Nawroski e Roberta de Savian.

O Prêmio Açorianos contempla ainda as categorias de destaque por modalidades, como balé, jazz, danças urbanas, entre outras, além das categorias de Novas Mídias em Dança e Projetos de Difusão e Formação. Essas categorias contam com júris especializados que somam um total de 25 profissionais da área.

Confira os finalistas:

O Centro de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre divulga a lista de finalistas ao prêmio Açorianos de Dança 2015. O prêmio será entregue em 15 de dezembro, 20 horas, no Teatro Renascença. Os espetáculos com maior número de indicações são Ìgbà- exercício de contemplação, do Coletivo Moebius, e 4 x 3 x 2 - Quatro Trilogias dançadas a dois, do Grupo Laços, com oito indicações, seguido por Etnias, do Grupo Kadima, e Corpobolados, ambos com seis indicações. 

Iara Deodoro receberá o Prêmio de  Personalidade do Ano, o Teatro do Ciee será agraciado com o Prêmio de Incentivo à Dança e  à Rádio FM Cultura será conferido o Prêmio de Mídia do Ano. A noite contará com apresentações dos espetáculos finalistas.

Em 2015 foram 15 espetáculos inscritos no Prêmio. O grande júri, que julga os espetáculos inscritos, foi composto por Beatriz Diamante, Cristina Melnik, Débora Leal, Débora Wegner, Gerson Vargas, Gina Vitola, Gustavo Silva, Luís Felipe Silveira, Naira Nawroski e Roberta de Savian.

O Prêmio Açorianos contempla ainda as categorias de destaque por modalidades, como balé, jazz, danças urbanas, entre outras, além das categorias de Novas Mídias em Dança e Projetos de Difusão e Formação. Essas categorias contam com juris especializados que somam um total de 25 profissionais da área.

Confira os finalistas:

Espetáculo do Ano:

- Corpobolados, Gabriel Martins, Giovanni Vergo e Paola Vasconcelos;

- Etnias, Grupo Kadima;

- Ìgbà - exercício de contemplação, Coletivo Moebius;

- 4 x 3 x 2 - Quatro Trilogias dançadas a dois, Grupo Laços;

- Um olhar através de, Transforma Cia de Dança.


Direção:

- Paola Vasconcelos, por Corpobolados;

- Amanda Chmelnitsky de Mattos e  Lucas Fridman Schwetz, por Etnias;

- Douglas Jung, por  Ìgbà- exercício de contemplação;

- Izabela Gavioli e Lélio Santos, por 4 x 3 x 2 - Quatro trilogias dançadas a dois;

- Cláudia Sachs e Marco Fillipin, por SeteOito -  impermanências.


Bailarino:

- Adriano Oliveira, por Corações Insones;

- Igor Zorzela, por O Lago dos Cisnes...revisitado;

- Marco Fillipin, SeteOito -  impermanências;

- Mariano Neto, por Corações Insones;

- Maurício Miranda, por Um Olhar através de.


Bailarina:

- Andressa Pereira, por Corações Insones;

- Didi Pedone, por Corações Insones;

- Paola Vasconcelos, por Corpobolados e Produção MEZCLA;

- Stephanie Cardoso, por Corações Insones e  4 x 3 x 2 - Quatro Trilogias dançadas a dois.


Coreografia:

- Gabriel Martins, Giovanni Vergo e Paola Vasconcelos, por Corpobolados;

- Amanda Chmelnitsky de Mattos, Lucas Fridman Schwetz, Elana Fridman, Fabrício Zaltzman, por Etnias;

-Coletivo Moebius, por  Ìgbà- exercício de contemplação;

- Izabela Gavioli e Lélio Santos, por 4 x 3 x 2 - Quatro trilogias dançadas a dois;

- Suzana D’Avila e elenco, por Um olhar através de.



Cenografia:

- Luís Cocolichio, por Espaço Arcabouço;

- Amanda Chmelnitsky de Mattos, Lucas Fridman Schwetz e Elana Fridman, por Etnias;

-Coletivo Moebius, por  Ìgbà- exercício de contemplação;

- Carmen Moré, por O Lago dos Cisnes...revisitado;

- ImadSleiman  e Iara Schneider, por Luminous;

- Grupo My House e Kyko Angelin, por Normótico.


Iluminação:

- Maurício Rosa, por Corações Insones;

- Fernanda Bertoncello Boff e Mirco Zanini, por Corpobolados;

- Mirco Zanini, por Espaço Arcabouço;

-Guto Greca e Luka Ibarra, por  Ìgbà- exercício de contemplação;
Igbá;

- Carolina Zimmer, por Normótico;

- Guto Greca, por 4 x 3 x 2 - Quatro Trilogias dançadas a dois.


Figurino:

- Atelie Alfa, por Corações Insones;

- Amanda Chmelnitsky de Mattos.  Lucas Fridman Schwetz e Elana Fridman, por Etnias;

- Anderson Luiz de Souza e Coletivo Moebius, por Ìgbà - exercício de contemplação;

- Carmen More, Kelly Pinheiro, Nilma Corrêa,  Marcela Corrêa, por O Lago dos Cisnes...revisitado;

- Grupo Laços, por 4 x 3 x 2 - Quatro Trilogias dançadas a dois.


Trilha Sonora:

- Paola Vasconcelos, por Corpobolados;

- Guilherme Guinalli, por  Ìgbà- exercício de contemplação;

- Grupo My House com colaborações de Adriano Oliveira e Thiago Di Lucca, por Normótico;

- Izabela Gavioli, por  4 x 3 x 2 - Quatro trilogias dançadas a dois;

- Fernanda Rosa e Mateus Cosa(A Corda em Si), por Duas artes em sinfonia azul.


Produção:

Denise Turkienicz, Ida Nelstein, Marcela Roithmann, Rosane Krasner e Roseli Zelster, Gina Saffer e Circe Matos por Etnias,por Etnias,

- Lucida Desenvolvimento Cultural, por Ìgbà - exercício de contemplação;

- Lucida Desenvolvimento Cultural – Ana Paula Reis, Débora Nunes, Luka Ibarra e Taiane Panizzi, por O Lago dos Cisnes...revisitado,.

- Luka Ibarra/Lucida Desenvolvimento Cultural, por  4 x 3 x 2 - Quatro trilogias dançadas a dois;

-Luka Ibarra/Lucida Desenvolvimento Cultural, por SeteOito -  impermanências.



Destaque em Dança do Ventre:

- Brysa Mahaila, pela constante busca por aprimoramento teórico e prático e pela manutenção de espaços sistemáticos de formação e difusão da cultura da dança do ventre;

- Egnes Gawasy, pelas características didáticas na transmissão de seu saber;

- Emmeline Azah, pela oficina com as crianças durante o evento Festa Cigana no Parcão;

- Fernanda Mansur, pelo trabalho como coreógrafa de grupo, com destaque para a coreografia Fabulous Fluor;

- Manoela Bazacas, pela iniciativa de promover o I Encontro Ventre POA, evento incluindo apresentações artísticas, palestras e espaços de diálogo.

           
Destaque em Danças Urbanas:

- Aluísio Gustavo, pelo trabalho de pesquisa como bailarino, pela versatilidade de suas performances;

- Driko, pelo trabalho como sócio-educador, de produção cultural e pela iniciativa de produção de trilhas sonoras para danças urbanas;

- Jukinha, pela criação e produção de eventos, atuação política defendendo a cultura hip hop e pelo trabalho de formação nas comunidades.

Destaque em Danças de Salão:

- Espetáculo Corpobolados, pelo desenvolvimento de um conceito de criação coreográfica e direção do espetáculo;

- EA Produções, pelo fomento da dança de salão na cidade de Porto Alegre através dos eventos como o Dança Porto Alegre entre outros;

- 3º Encontro de Forró de Porto Alegre, pela divulgação e promoção do ritmo forró em Porto Alegre;

- Grupo Laços, pela manutenção de um grupo de dança de salão contemporânea em Porto Alegre;  

- Espetáculo Produção Mezcla, pela qualidade alcançada na produção, divulgação e figurinos do espetáculo.

Destaque em Danças Étnicas:

- Grupo Kadima, pelo espetáculo Etnias e pelo conjunto de eventos promovidos em prol da divulgação da cultura israeli;

- Festa Cigana no Parcão (Evento XVIIIª Alma Cigana, Ritos, Cantos e Magias), pela continuidade, valorização e divulgação da cultura;

- ÒGÚNDÁBÈDE, pela divulgação da cultura yorubá;

- Grupo de Dança do Maracatu Truvão, pela pesquisa e divulgação desse folclore popular através desta contagiante arte da dança;

- Centro Cultural 25 de julho, pelo montante das diversas iniciativas de formação e divulgação ao longo do ano.


Destaque em Sapateado:

- Gabriela Santos, pela realização do Flash Mob na Redenção e por seu trabalho como bailarina;

- Glenda Duarte, como divulgadora e organizadora de eventos de promoção da arte do Sapateado em Porto Alegre, como POA Tap, TAP Day e o espetáculo Matilda/Som;

- Leonardo Dias, como bailarino e coreógrafo na coreografia solo para o espetáculo anual  do Laboratório da Dança;


Novas Mídias em Dança:

- Camundongos, drogas e arteci, de Giuli Lacorte e Lucas Tortorelli;

- Deitado na Areia – PEMBA, de Alessandro Rivellino;

- 3 Vozes Mind Vertice Nous Triskle ou Triskelion, de João Queiroz, Debora Jung, Ian Habib, Naiana Wink, Saulo Almeida

- VIVA A DANÇA, de Leonardo Lima Ferreira.







Destaque em Flamenco:

- Giovani Capeletti, pela trajetória como guitarrista flamenco, parceiro das companhias da cidade e por seu trabalho autoral;

- Juliana Prestes, como uma referência internacional no flamenco de Porto Alegre, através de cursos ministrados fora do país e participação nas apresentações de artistas internacionais;

- Jam Del Puerto, pela iniciativa e oportunidade de dar conhecimento ao público dos trabalhos individuais dos artistas flamencos;

- Sala 502 do Projeto Usina das Artes, pela programação de formação e divulgação do flamenco e intercâmbio com outros gêneros de dança, sob a coordenação do Grupo Sílvia Canarim.


Projetos de Difusão e Formação em Dança:
- Casa Cultural Tony Petzhold, pelo histórico do espaço e pelo acolhimento dado ao fazer artístico em dança;
- Circo Híbrido, pela qualidade do projeto e pela proposta de hibridização da arte do circo e dança;
- 3º Encontro de Forró de Porto Alegre, pela abrangência e impacto na cidade trazendo profissionais relevantes e comprometidos com uma proposta pedagógica;
- Oncodance, inovação da relação arte e saúde, pelo voluntariado  e pela visibilidade alcançada pelo projeto;
- VIVA A DANÇA, pela originalidade da proposta em Porto Alegre e pela potencialidade de registro da memória da dança, bem como sua divulgação.

Destaque em Balé:

- Adiene Fernandes, pela qualidade técnica e versatilidade no espetáculo Les Sylphides/Carmina Burana;

- Ballet Vera Bublitz, pela qualidade técnica do trabalho de produção e formação;

- Cristiane Figueiredo, pela excelência técnica e maturidade profissional;

- Gala Ballet, pelo alcance, integração e difusão da dança clássica na cidade;

- Naira Nawroski Centro de Artes Integradas, pela qualidade do trabalho de formação.


Destaque em Jazz:

- Carol Dalmolin, pelo trabalho de formação, pela criação coreográfica e pela produção do espetáculo Textil;

- Igor Zorzela, pela qualidade técnica e artística no espetáculo O Lago dos Cisnes, pelo trabalho que vem desenvolvendo como bailarino e professor da técnica de jazz;

- Iluminação do espetáculo Um olhar através de, pela adequação ao conceito do espetáculo, sensibilizando e qualificando a cena;

- Espetáculo O Lago dos Cisnes... revisitado, pela inovação e ousadia da proposta de revistar um clássico do ballet através do jazz;

- Maurício Miranda, pela performance no espetáculo Um olhar através de.


Destaque em Dança Contemporânea:

- Coletivo Moebius, pelo engajamento na constituição de um coletivo de artistas que gera autonomia de construção de arte;

- Eduardo Severino, pela produção, curadoria, articulação e divulgação do espaço da Sala 209/ Usina Gasômetro;

- Marco Fillipin, pelo trabalho de pesquisa no espetáculo SeteOito - impermanências;
           
- Necitra, pelo diálogo da dança com outras linguagens cênicas, propondo transversalidades;


- Projeto Macarenando Dance Concept, pela pesquisa de estratégias do encontro da dança com o público.