Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança é um órgão da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) da Prefeitura de Porto Alegre que articula as políticas públicas de dança na capital gaúcha. Atua na preservação da memória, no fomento à produção, na formação de público, difusão e acesso às informações da dança. Desenvolve atividades artístico-pedagógicas e promove relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na cidade de Porto Alegre.

PROJETOS DO CENTRO DE DANÇA

PUBLICAÇÕES DO CENTRO DE DANÇA

PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - REGULAMENTO

24 de junho de 2021

Conversa sobre apoio terapêutico para artistas da Dança

Muito tem se falado sobre a importância das artes para criar respiros nesses tempos de pandemia. Mas e os artistas? Como estão lidando com suas dificuldades e angústias nesse período? Para partilhar essas questões, faremos uma conversa para abrir respiros e horizontes possíveis para lidar com o momento, contando com a presença de psicólogos, terapeutas e psiquiatras e assim levantar os temas mais comuns a essas angústias.


Será neste sábado, dia 26 de junho, às 15h, em reunião aberta pelo zoom: https://zoom.us/j/95796830351?pwd=emt6N0lPWTNtTW85akY5TUpPeUJ2dz09


Trataremos particularmente dos desafios enfrentados pelos artistas da cena - da dança, mas também do teatro e da música - que tinham no caráter presencial do encontro sua forma de pensar artisticamente o mundo, além do retorno financeiro.


Contaremos com a presença generosa de psicólogas e psiquiatras, além de uma fisioterapeuta, com experiência na interlocução com o campo das artes, para poder fazer essa ponte entre os estados mentais e corporais que se manifestam nesse momento.


Ana Maria Vasconcelos

Psicóloga, Psicoterapeuta, Consultora em Encorajamento, dançante e performandora, focalizadora e apaixonada pelas Danças Circulares Sagradas, formada pela PUC RS/1986. 

Especialista em Gestalt Terapia CEGT/RS, Pós-Graduada em Psicopedagogia e Interdisciplinaridade pela  ULBRA e Pós-Graduada em Dinâmica de Grupo  SBDG/RS. 

Certificada em Disciplina Positiva para Profissionais da Saúde, Pais, Sala de Aula e Ambiente de Trabalho pela PDA. Em formação em Terapia Afirmativa para Minorias sexuais e de Gênero. 2021/2022.

Realizou formação em Dançaterapia no Creativo de La Danzaterapia. Criadora e gestora do projeto vivencial “DANÇANDO para não DANÇAR” de ampliação e aprimoramento do contato intrapessoal e interpessoal nas relações de grupo. Recrutamento, seleção, avaliação em diversas áreas profissionais. Conciliadora Judicial - NUPEMEC/TJRS.


Dorotéa Kremer

Médica psiquiatra formada pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas. Professora aposentada da Ufpel, lotada no departamento de Saúde Mental, coordenadora da residência médica em psiquiatria.Em PoA, foi uma das fundadoras do Instituto Abuchaim, onde idealizou o curso de pós graduação em Psiquiatria, além dos cursos de Psicoterapia Analítica e Sexualidade Humana.

Atualmente, trabalha em clínica privada e fazendo perícias que envolvem delitos sexuais em algumas varas de família do Foro Central de Porto Alegre


Margareth Leyser

Crefito-5 5943-F

Fisioterapeuta, especializada em Cadeias Musculares pelo Institut des Chaînes Musculaires et des Techniques Godelieve Denys-Struyf (GDS), Bélgica; em Terapia Manual pela Escola Francesa de Terapia Manual de Marcel Bienfait; com formação no Projeto Convergência de Angela Santos; praticante da arte japonesa Jin Shin Jyutsu, todos utilizados como recurso em atendimento individual e grupo.

Educadora Física, UFRGS, com formação completa em dança clássica, foi bailarina, professora  e coreógrafa do antigo grupo de Danças da UFRGS (dança contemporânea) até 1982. Atualmente, integra o elenco de Teresinhas, dança-teatro do grupo Meme Estação Cultural.


Mônica de Campos Lopes

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Ciências da Saúde com trabalho de conclusão de curso intitulado “Da dança faz-se clínica: o corpo intensivo como fio condutor”, a partir da intersecção entre a dança contemporânea e a clínica psicanalítica. Atua como psicóloga clínica em consultório particular, atendendo adolescentes e adultos. Também fez formação em dança pelo Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre.


Nádia Maria Weber Santos 

É médica, psiquiatra junguiana e historiadora. Possui Mestrado e Doutorado em História pela UFRGS e Pós-Doutorado pela Université Laval (Québec/Canadá). É bolsista de produtividade do CNPq. É membro pesquisadora do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul e curadora do Acervo Sandra Jatahy Pesavento nesta instituição. Atualmente é professora do PPG em Performances Culturais da UFG (Universidade Federal de Goiás). Autora de vários livros e artigos na área da História Cultural, com ênfase em História da Loucura e da Psiquiatria, Memória Social, Sensibilidades, Arquivos pessoais, Performances Culturais, Loucura e Arte. Autora das obras: Histórias de vidas ausentes: a tênue fronteira entre a saúde e a doença mental (2ª edição ampliada e revista, SP: Edições Verona, 2013); Histórias de sensibilidades e narrativas da Loucura (Porto Alegre, Ed. da Universidade/ UFRGS, 2008); Performances Culturais, memórias e sensibilidades (volumes 1 e 2, Porto Alegre: Editora Fi, 2019 e 2020), entre outras.




Nenhum comentário:

Postar um comentário