Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

2 de setembro de 2011

programação final de semana 3, 4, 5 setembro

sobreVIVENTES, de Daggi Donelles
com a Cia. Municipal de Dança de Caxias do Sul


A Cia. Municipal de Dança de Caxias do Sul apresenta, nos dias 3 e 4 de setembro, às 20h, na sala 209 na Usina do Gasômetro, o espetáculo sobreVIVENTES.

sobreVIVENTES é um dos desdobramentos do projeto KIT de sobrevivência, desenvolvido ao longo do ano de 2010. Pontuado por intercâmbios artísticos que originaram a exposição fotográfica de mesmo nome – com imagens de Frank Jeske e Jorge Soledar – a proposta disponibiliza-se em fragmentações e releituras, a partir da diversidade de lugares e contextos por onde passa. A concepção e coordenação do projeto são de Daggi Dornelles, que assina também o espetáculo, com coreografia compartilhada com o elenco da companhia. Com 13 anos de atividade, a Cia. é vinculada à Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul e, atualmente, tem direção geral de Cristina Nora Calcagnotto.

“Muito antes das reciclagens impostas pela urgência, a transformação dos restos  sempre me pareceu fascinante: o que não mais se vê, não mais se quer, reanimado pelo ato criativo. Ao lançar a idéia deste projeto, não tinha qualquer previsão dos caminhos da composição. Nunca temos, ela sempre tem vontade própria e segue seu rumo. Desejava apenas coletar retalhos vivos e tecer compartilhamentos, cooperações  – que me parecem o grande desafio de nossa própria sobrevivência. Agora, projeto em andamento, resultados aparentemente alcançados, continuo sem elementos claros da composição deste KIT e ainda e sempre SEM SABER sobreVIVENTES!” (Daggi Dornelles)


SERVIÇO:

Espetáculo sobreVIVENTES, da Cia. Municipal de Dança de Caxias do Sul
Dias: 03 e 04 setembro
Horário: 20h
Local: sala 209 da Usina do Gasômetro
Ingressos: R$ 15,00 e R$ 8,00

 

          FICHA TÉCNICA


Direção Geral da Cia. Municipal de Dança
Cristina Nora Calcagnotto

Concepção, direção e dramaturgia do espetáculo,
cenário/proposta de figurinos e pesquisa sonora
Daggi Dornelles

Composição Coreográfica
Daggi Dornelles e elenco da Cia. De Dança

Elenco
Alessandra Abrantes
Alessandro Rosa
Ana Paula Stedile
Átila Muniz
Cristian Bernich
Ísis Rodrigues
Janaína Cruz
Paula Giusto
Pedro Coelho
Tábata Faé
Uelinton Canedo

Trilha Sonora
Kevin MacLeod, ALM e Jay500,
por incompetech.com - useful things Royalty-Free e Jamendo – creativecommons.org.

Concepção de Luz
Israel Cabral

Operação de Som
Cristina Nora Calcagnotto

Arte Gráfica
Alisson Andrighetti Borghetti
Frank Jeske
Jorge Soledar

Workshops e Aporte Literário
Hermes Bernardi Jr.

Orientação para Criação de Figurinos
Cristina Lisot


Realização:
Prefeitura de Caxias do Sul/Unidade de Dança/Eduardo Severino Cia de Dança/Usina das Artes/A.A.M.O.R
Financiamento:
Prefeitura de Caxias do Sul/ Lei de Fomento a cultura
Apoio Cultural:
Unimed-nordeste - RS/ Empresas Randon





Clanndário Meme

Apresentação “Sobre Mulheres e Lobos”
Montagem inspirada na obra de Clarissa Pinkola Estés
"Mulheres que correm com lobos"

3 de setembro
21 horas

Valor: 16 reais (antecipado 10 reais)

com direção artística de Paulo Guimarães (ex-integrante da Quasar Cia de Dança), figurino de Helô Cardoso e intérpretes Márcia Strazzacappa, Valéria Franco e Rosana Baptistella, esta montagem faz parte dos trabalhos de pesquisa do Grupo de Estudo Laborarte de Campinas.

Oficina Percussão e Movimento (3 h/aula)
3 de setembro | 17h - 20h
Mimmo Ferreira (RS) e Valéria Franco (SP)
Valor: 50 reais (antecipado 40 reais)
 
Esta oficina propõe  trabalhar a técnica de dança contemporânea voltada para processo de criação a partir de exercícios de improvisação nos quais a música percussiva  e a exploração espacial são partes fundantes. Voltada para estudantes de graduação em dança e/ou artes cênicas, estudantes de pós-graduação, artistas performáticos, músicos,  artistas da dança, artistas cênicos.
Cozinha do Artista
Convidada: Márcia Strazzacappa com a performance “Dona Clotilde”
2 de setembro, 21 horas

Valor: 60 reais (antecipado 50 reais)
 
Neste evento, Baru Bistrô convida o artista que, com a assessoria do chef residente, mostra o seu talento fora dos palcos, na mesa do Baru. Para comemorar mais uma edição, Márcia Strazzacappa, atriz, bailarina e professora doutora da Unicamp,  irá nos brindar com uma performance divertida e sensível de "Dona Clotilde", uma senhora que diz o que pensa com muita sabedoria e experiência!

Depois da apresentação, o Chef Vinicius D'Avila vai brindar os convidados com o menu sugerido por "dona Clotilde":
Entrada: Croutons de pão árabe com dip de beterraba e ervilhas. Prato principal: Rizotto de Zuchinni a La Crema. Salada Caprese. Mix de Folhas com parmesão e croutons. Sobremesa: Torteletes de maçã com sorvete de gengibre.

IV ENCONTRO MEME
DE ARTE EXPERIMENTAL


"Territórios da Cultura"

de 2 a 4 de setembro de 2011

A edição 2011 conta com artistas de Porto Alegre, Pelotas, Rio Grande, Campinas, Goiânia e Belo Horizonte. Oficinas com Dudude Herrmann (BH), Valéria Franco (SP) e Mimmo Ferreira (RS). Apresentações, performances, mostra e mesa de debates. Confira a programação e participe.
 
Oficina Dança Contemporânea e suas Questões
3 e 4 de setembro | 9h - 12h (6 h/aula)
ministrante: Dudude Herrmann (Belo Horizonte/MG)
valor: 60 reais (antecipado 50 reais)
 
Esta oficina aborda questões tanto diretas como correlatas ao movimento em si, abrangendo as intensidades destes corpos, trazendo a questão do que pode vir a ser um corpo, e do que este corpo entende sobre estados de dança. A dinâmica desta prática segue com exercícios que estimulam a fisicalidade, a espacialidade, o ritmo, a percepção dos sentidos e em um segundo momento trabalha com exercícios direcionados para a improvisação, deixando que o aluno perceba suas estratégias de composição. Esta atividade é indicada para bailarinos, artistas da cena e pessoas afins com uma prática corporal e curiosas com as notícias do movimento. Recomendado para maiores de 18 anos.
Dudude Herrmann (BH), bailarina, improvisadora,performer, coreógrafa, diretora de espetáculos e professora de dança. É idealizadora, coordenadora do evento “Ciclo de confluências-Ideias de...”. Desenvolve parcerias criativas com diversos artistas, trabalha em seu atelier de criação, onde promove eventos ligados a arte contemporânea. Segue trabalhando interessada e curiosa em assuntos de arte/vida.
 
 
 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário