Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

27 de março de 2013

Programação

                                 Laboratório de Criação



Dia 28 de março, Quinta-Feira, às 15h até 18h.
Sala 209/Usina do Gasômetro/POA/RS
Entrada Franca
Informações/contato: michelcapeletti@hotmail.com

O Laboratório de Criação terá seu foco na relação entre a improvisação e as técnicas somáticas (com foco na Técnica Alexander). O atelier pretende dividir algumas questões trabalhadas por Michel Capeletti dentro da residência "Corpo como cruzamento de intensidades" realizada atualmente em São Paulo e que ganhou a Bolsa Interações Estéticas 21012 da FUNARTE. Alguns procedimentos serão experimentados pelos artistas participantes da oficina que terão a oportunidade de discutir, criar e desenvolver a partir de questões provenientes das técnica somáticas que vem sendo amplamente pesquisadas por profissionais de dança, teatro e performance por seu potencial no treinamento técnico, na construção da expressividade e nos processos de criação e ensino. O Laboratório já teve três edições, em outros formatos, nos projetos Instruções para abrir o corpo em caso de emergência, Instruções] desdobramentos (em parceria com as bailarinas Alexandra Dias e Tatiana da Rosa) e na Bolsa FUNARTE de Residências em Artes Cênicas 2010.

Michel Capeletti é bailarino com atuação em Porto Alegre e Buenos Aires. Ganhou a Bolsa Interações Estéticas 2012 da FUNARTE, o Edital de Intercâmbio e Difusão Cultural 2012 do MINC e a Bolsa de Residências em Artes Cênicas 2010 da FUNARTE para investigar a relação entre criação cênica pelo movimento e as técnicas somáticas fazendo parte atualmente da formação para professores em Técnica Alexander na Escuela de Técnica Alexander de Buenos Aires. Estudou com Merran Poplar, Irion Nolasco, Tatiana da Rosa, Tamara Cubas, Marina Giancaspro, Jimena García Blaya, Esther Weitzman, Jussara Miranda entre outros. Em Porto Alegre atuou em espetáculos e performances como movimentomínimomovimentomáximo (2004), Fato (2005), Era uma vez, não era uma vez... (2005), Instruções para abrir o corpo em caso de emergência (2007), Pequenas Ações Terroristas (2008), o projeto Instruções]desdobramentos (2008), Historias do Corpo (2010) e o solo Sonny (2012).


Abertura do Ciclo Flamenco Algo Más


O Tablado Andaluz tráz a Porto Alegre para abertura do Ciclo Flamenco ALGO MÁS... 2013 grande atrações internacionais: CARMEN, LA TALEGONA (Córdoba /Espanha) acompanhada pelo cantaor espanhol JESULE de Utrera

Onde? Tablado Andaluz
Quando? Dias 28, 29 e 30 de Março, as 21h
Quanto? Jantar + Show
R$ 90,00 por pessoa
R$ 300,00 mesa para 04 pessoas
Cardápio
-Tapas / Entradas tipicas
-Buffet com 04 tipos de Paella, incluindo Paella de Bacalao, Especial de Páscoa
-Buffet com 10 tipos de Saladas
*Bebidas e sobremesas não estão inlcuidas nos valores acima.

               
             Episódio X: Partida 

23 e 24 de março 
20 h
Sala 209 da USINA DO GASÔMETRO 

Coreografia criada na Residência OUTRAS DANÇAS da FUNARTE em novembro de 2012. Esse projeto ocorreu na cidade de Porto Alegre com intercâmbio entre Brasil, Argentina e Uruguai. A direção foi feita pela bailarina e coreográfa uruguaia Adriana Belbussi Figueroa e criação de Luciana Hoppe e Junior Alceu Grandi. 

“Uma palavra de advertência: turistas e vagabundos são metáforas da vida contemporânea. Uma pessoa pode ser (e frequentemente o é) um turista ou um vagabundo sem jamais viajar fisicamente para longe (...). Tendo isso em mente, sugiro-lhes que, em nossa sociedade pós-moderna, estamos todos- de uma forma ou de outra, no corpo ou no espírito, aqui e agora, ou no futuro antecipado, de bom ou de mau grado- em movimento, nenhum de nós pode estar certo/a de que adquiriu o direito a algum lugar uma vez por todas, e ninguém acha que sua permanência, para sempre, é uma perspectiva provável. Onde quer que nos aconteça parar estamos, pelo menos, parcialmente deslocados ou fora do lugar. Mas aqui termina o que há de comum na nossa situação e começam as diferenças.” Zygmunt Bauman, O Mal- Estar da Pós-Modernidade (p.118). 

Ficha Técnica: 
Bailarinos criadores: Luciana Hoppe e Junior Alceu Grandi 
Trilha sonora: Alexandre Missel 
Direção: Adriana Belbussi Figueroa 
Figurino: Luciana Hoppe e Junior Alceu Grandi 
Fotografia: Marcelo Cabrera (foto tirada no OUTRAS DANÇAS). 
APOIO: OUTRAS DANÇAS, FUNARTE, Coletivo de Dança SALA 209, Eduardo Severino Cia de Dança, Usina das Artes, Usina do Gasômetro, Lucida Cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário