Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança é um órgão da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) da Prefeitura de Porto Alegre que articula as políticas públicas de dança na capital gaúcha. Atua na preservação da memória, no fomento à produção, na formação de público, difusão e acesso às informações da dança. Desenvolve atividades artístico-pedagógicas e promove relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na cidade de Porto Alegre.

PROJETOS DO CENTRO DE DANÇA

PUBLICAÇÕES DO CENTRO DE DANÇA

PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - REGULAMENTO

21 de julho de 2021

Projeto (re)-volta da dança - Edital #Noverre - Novas Mensagens sobre a Dança



A dança também se faz de giros e dá voltas. E é nesse movimento que o projeto (Re)-volta da Dança surge para pensar as circulações possíveis de ações e pensamentos da dança nos tempos atuais. Aqui "re-volta" trata de inconformidade e luta, mas também do giro para observar ao redor e de novo provocar o corpo e o olhar a novas perspectivas. A iniciativa é uma parceria inédita do Goethe-Institut Porto Alegre e do Centro Municipal de Dança de Porto Alegre, da Secretaria Municipal da Cultura.

A primeira ação é o lançamento do concurso #Noverre: novas mensagens sobre a dança. O Concurso selecionará propostas de releitura das revolucionárias "Cartas sobre a Dança" do francês Jean Georges Noverre, que foram publicadas pela primeira vez em Stuttgart em 1760. Uma obra que levantou questões éticas, técnicas e filosóficas e que mudou a compreensão de conhecimento na área da dança. O fato de a UNESCO ter declarado a data de nascimento de Noverre, 29 de abril, como Dia Mundial da Dança, sublinha sua importância.

Através de convocatória aberta a artistas e agentes culturais residentes em Porto Alegre e na região metropolitana, o Goethe-Institut Porto Alegre e Centro Municipal de Dança da Prefeitura de Porto Alegre convidam a comunidade artística ao exercício da imaginação e do ato criativo. No momento atual, entende-se que esses exercícios são desafiadores e complexos, porém são também essenciais e políticos: demonstram resiliência, esperança e alternativas frente a um dos momentos mais devastadores de nossa sociedade. Utopias e distopias se entrelaçam na nossa atualidade. Entende-se que a arte pode nos despertar para questões do presente, bem como para imaginação do futuro e, com esta convocatória, busca-se abrir uma brecha mínima, mas potente, e fomentar esse exercício artístico em um momento tão complexo.

CALENDÁRIO:


Lançamento do Edital: 26 de julho de 2021;

Período de inscrições: 02 de agosto a 03 de setembro de 2021;

Divulgação do resultado: até 15 de outubro de 2021;

Mostra de selecionados a partir da segunda quinzena de novembro de 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário