Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

11 de novembro de 2013

Por falar em Dança na Feira do Livro: Lorca e Flamenco


                No dia 14 de novembro, quinta feira, às 15 horas, na Feira do Livro a coreógrafa de flamenco Sílvia Canarim e o professor de Literatura da Feevale Daniel Conte discutem a transposição da poesia de Federico García Lorca para a linguagem da Dança. Lorca: do texto ao corpo que dança é a primeira edição do projeto Por Falar em Dança, realizado pelo Centro de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre. A programação acontece na Sala Leste do Santander Cultural.  Outras informações pelo fone: 3289.8063. A entrada é franca.
 
               Federico García Lorca (1898-1936) um dos maiores nomes da literatura mundial. Sua obra é permeada pela música, pintura e teatro populares da Espanha. A proximidade com o Flamenco foi inspiração e matéria para diversas obras, entre elas O Sortilégio da Mariposa (1920), Canciones (1927), Romancero Gitano (1928), Bodas de Sangre (1934), Yerma (1935) La Casa de Bernarda Alba (1936). Bodas de Sangue foi transposto para o cinema pelo diretor Carlos Saura, como um musical flamenco.
 
               Daniel Conte é doutor em literatura, professor do Curso de Letras e do Mestrado em Processos e Manifestações Culturais da Universidade Feevale.   
         
Sílvia Canarim é bailarina, coreógrafa e professora. É doutoranda do Programa Flamenco: un acercamiento multidisciplinar a su estudio da Universidad de Sevilla. Dirigiu, atuou e coreografou  entre eles outros espetáculos, Lorquianas (2001) e A Casa (2007) baseado no texto original de Federico García Lorca, A Casa de Bernarda Alba, obtendo quatro Prêmios Açorianos entre os quais, o de Melhor Espetáculo de Dança e o de Melhor Trilha Sonora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário