Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

23 de novembro de 2010


Mostra de dança de grupos convidados da
Sala 209 da Usina do Gasômetro

Últimas apresentações

Sábado e Domingo 27 e 28 de Novembro às 20h
Sala 209 da Usina do Gasômetro
(acesso pelo térreo após a Galeria dos Arcos à esquerda)
Ingressos: R$ 15,00 (R$ 8,00 para artistas, idosos, estudantes e assinantes do Jornal Correio do Povo)

Realização: GrupoTATO e Coletivo de Dança da Sala 209
Apoio: Eduardo Severino Cia de Dança, Jornal Correio do Povo, Secretaria Municipal de Cultura e Prefeitura de Porto Alegre

A Sala 209 da Usina do Gasômetro têm se firmado nos últimos anos como a sala pública de dança da cidade de Porto Alegre. Junto ao projeto Usina das Artes a 209 é gestada pelo GrupoTATO, com direção de Fernanda Carvalho Leite, e pela Eduardo Severino Cia de Dança, dele e Luciano Tavares. Com eles agregou-se um coletivo de grupos e artistas independentes que em colaboração promovem constantemente atividades como aulas de dança contemporânea em variadas técnicas, contato improvisação, ballet, jams, mostras, espetáculos, debates alem de ensaios e reuniões com pauta em torno do desenvolvimento político da classe. O coletivo foi agraciado com o IV Prêmio Joaquim Felizardo que homenageia os destaques da cultura em Porto Alegre.

A mostra será formada por coreografias curtas e a cada dia terá um programa diferente.

Grupos e artistas convidados: Ânima Cia de Dança (Eva Shul), Xirê Jogo de dança, (Robson Duarte), Mimese cia de dança-coisa (Luciana Paludo); Grupo de Risco (Cibele Sastre), Studio Moema (Lindon Shimizu), Letícia Paranhos (n Amostra), Julia Lüdke, Luiza Moraes, Lícia Arosteguy, Andrea Spolaor, Alessandro Rivellino, Bibiana Altenbernd, Luciana Hoppe, Carla Vendramin e Gabriela Santos.

Programa 27 e 28/11:
- 2n Amostra (dia 27/11) - (n Amostra Companhia Contemporânea, de Letícia Paranhos) - Experimento artístico inspirado na banda de rock Radiohead, em que a a abertura ao inesperado é caracetrística inerente à proposta criativa. 11min
- Tudo aquilo que aconteceu agora (Alessandro Rivellino)
- De um a cinco – Trio (Ânima Cia de dança. Coreografia Eva Shul. Com Julia Ludke, Luiza Moraes e Licia Arosteguy.) Cinco enfoques relacionais, sendo que nesta releitura do trio original tratremos da relação de amizade.
- Solo de Panos (Ânima cia de Dança. Coreografia Eva Shul)
- De um a cinco - Solo. (Ânima Cia de dança. Coreografia Eva Shul. Com Viviane Lencina.) Cinco enfoques relacionais, sendo que nesta releitura do solo original tratremos da relação à só.
- Reflexos (Ânima Cia de dança. Coreografia Eva Shul) 11 min.
- Estado das coisas (Luciana Paludo). 10 min.
- Catch (Ânima cia de Dança. Coreografia Eva Shul)
- Slide (dia 28/11) (Grupo de dança Karin Ruschel. Coreografia Gabriela Santos)
- Perhaps (dia 28/11) (Grupo de dança Karin Ruschel. Coreografia Gabriela Santos
Foto em anexo: Lícia Arosteguy / Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário